Colômbia e Venezuela anunciam que vão reabrir fronteiras a partir de 5 de outubro (VÍDEO)

© Sputnik / Mikhail Alaeddin / Abrir o banco de imagensMilitar venezuelano em posição, na ponte Simón Bolívar, que conecta a Venezuela com a Colômbia, na fronteira da cidade de San Antonio del Táchira. No dia 24 de fevereiro, apoiadores da oposição venezuelana tentaram atravessar a ponte ilegalmente, lançando pedras e coquetéis molotov contra os militares
Militar venezuelano em posição, na ponte Simón Bolívar, que conecta a Venezuela com a Colômbia, na fronteira da cidade de San Antonio del Táchira. No dia 24 de fevereiro, apoiadores da oposição venezuelana tentaram atravessar a ponte ilegalmente, lançando pedras e coquetéis molotov contra os militares - Sputnik Brasil, 1920, 04.10.2021
Nos siga noTelegram
A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, informou nesta segunda-feira (4) que a partir de 5 de outubro se realizará a "abertura comercial" da fronteira com a Colômbia, no estado de Táchira.
A alta funcionária venezuelana lembrou que a passagem fronteiriça binacional estava fechada desde 2019, pelo que sua abertura permitirá a passagem entre os dois países de caminhões com bens necessários para ambas as populações.
Rodríguez relembrou que o comércio entre a Colômbia e a Venezuela ultrapassa US$ 7 bilhões (cerca de R$ 38,1 bilhões), o que "é uma mensagem muito direta para as forças produtivas da Colômbia e da Venezuela, para os atores comerciais binacionais".
A vice-presidente acrescentou esta medida foi ordenada pelo presidente venezuelano Nicolás Maduro, após um mês de conversações entre as autoridades do estado venezuelano de Táchira e do Norte de Santander, na Colômbia. As forças-tarefas envolvidas conseguiram, deste modo, chegar a um acordo que era desejado pelos habitantes da região.
Vídeo: Vice-presidente. Executiva Delcy Rodríguez anunciou que a partir de amanhã, terça-feira (5), ocorrerá a abertura comercial na fronteira da Colômbia com a Venezuela
Contudo, Delcy Rodríguez sublinha que a área de fronteira é "uma responsabilidade compartilhada".
As autoridades da Venezuela estão confiantes que a nova medida permitirá o retorno à normalidade da vida cotidiana dos habitantes de Táchira e do Norte de Santander.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала