Projeto de lei no Congresso dos EUA empurra financiamento de US$ 1 bi para Cúpula de Ferro de Israel

© AFP 2022 / JACK GUEZSistema antiaéreo israelense conhecido como Cúpula de Ferro (imagem referencial)
Sistema antiaéreo israelense conhecido como Cúpula de Ferro (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 23.09.2021
Nos siga noTelegram
Os legisladores democratas nos EUA introduziram um projeto de lei separado que prevê o financiamento de US$ 1 bilhão (R$ 5,30 bilhões) para o sistema de defesa Cúpula de Ferro de Israel.
A introdução do texto-base ocorreu pouco depois de ele ser removido da lei destinada ao financiamento do governo americano até 3 de dezembro e ao aumento do teto da dívida do país.
"Enquanto este financiamento seria normalmente incluído em um pacote de despesas até final do ano financeiro, nós estamos avançando esta legislação agora para demonstrar o compromisso bipartidário do Congresso à segurança israelense como parte de um Oriente Médio com paz duradoura", disse em comunicado Rosa DeLauro, que introduziu o projeto.
Ela insistiu que o compromisso da América à segurança de Israel permanece "irrefutável", ressaltando que "reabastecer [os] interceptadores usados para proteger Israel de ataques é a nossa responsabilidade legal e moral".
Após o financiamento do sistema Cúpula de Ferro ter sido removido recentemente do ato do governo, o líder da maioria na Câmara, Steny Hoyer, anunciou que um projeto da lei separado sobre o sistema de defesa será submetido à votação durante a semana.
"Conversei com o chanceler, senhor [Yair] Lapid, há apenas duas horas e assegurei-lhe que a lei passaria nesta Câmara", declarou Hoyer.
Ao defender a aprovação do projeto, a deputada democrata Elissa Slotkin escreveu no Twitter:
Eu entendo que alguns democratas da Câmara se oponham ao financiamento da Cúpula de Ferro em Israel. Apenas para definir o nível, eis alguns fatos (1/5):
Cúpula de Ferro é um sistema puramente defensivo – ele protege civis quando centenas de foguetes são disparados contra centros populacionais. Quaisquer que sejam suas opiniões sobre o conflito Israel-Palestina, usar um sistema que acabou de salvar centenas, senão milhares, de vidas como bate-papo político é problemático. (2/5)
De acordo com certos funcionários israelenses citados pelo portal Axios, o recente desenvolvimento em relação ao Cúpula de Ferro é um resultado das políticas do ex-premiê israelense Benjamin Netanyahu, que "danificou a posição bipartidária de Israel na América".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала