Facebook permite a pessoas famosas publicar conteúdo que viola regras da rede social, diz WSJ

© Foto / Pixabay / geraltAplicativo do Facebook
Aplicativo do Facebook  - Sputnik Brasil, 1920, 15.09.2021
Nos siga noTelegram
O programa, denominado XCheck, estabeleceu-se inicialmente como uma medida de controle das ações empreendidas contra os perfis de famosos, incluindo políticos e jornalistas.
Documentos internos do Facebook, que o jornal The Wall Street teve acesso recentemente, revelam que foi desenvolvido um programa que permite aos famosos não cumprirem com certas regras da rede social que supostamente são aplicadas a todos os usuários da plataforma.
O programa, denominado XCheck, foi estabelecido inicialmente como uma medida de controle das ações empreendidas contra os perfis de famosos, incluindo políticos e jornalistas.
Contudo, o sistema praticamente permite aos usuários VIP publicarem material que viola as regras da rede social, já que alguns deles estão na chamada "lista branca" e são imunes às medidas restritivas.
Em particular, em 2019 Neymar publicou fotos de uma mulher nua, que havia o acusado de abuso, que foram vistas por milhões de pessoas antes que o Facebook a eliminasse.
Além disso, segundo o texto, diversos internautas VIP divulgavam informações que são consideradas falsas pelos verificadores da rede social, por exemplo, o suposto fato de que as vacinas são mortais ou que o ex-presidente norte-americano, Donald Trump, havia qualificado de "animais" os refugiados que solicitavam asilo no país.
Os materiais obtidos pelo WSJ demonstram que o Facebook está ciente das falhas da plataforma, porém não toma medidas para corrigi-las.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала