Novo helicóptero CH-53K dos EUA conduz 1ª missão real ao resgatar helicóptero MH-60S (FOTOS)

© Foto / Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha dos EUA / Cabo. Therese EdwardsNovo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real - Sputnik Brasil, 1920, 13.09.2021
Nos siga noTelegram
Em sua primeira missão real, o mais novo helicóptero de transporte pesado da frota dos EUA, o CH-53K King Stallion, resgatou um helicóptero de busca e salvamento MH-60S Knighthawk de uma encosta.
Apesar de ser a primeira missão operacional, o CH-53K ainda está em fase de testes e avaliações.
A nova aeronave realizou sua primeira missão em uma operação de dois dias para resgatar um MH-60S, que havia decolado para prestar apoio a uma missão de busca e salvamento de uma pessoa que havia se perdido e caído na região do Monte Hogue, na Califórnia.
A operação ocorreu no domingo (5) em um terreno montanhoso de aproximadamente 3.657 metros de altitude, nas Montanhas Brancas da Califórnia, segundo o portal Flight Global. 
© Foto / Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha dos EUA / Cabo. Therese EdwardsNovo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real. - Sputnik Brasil
1/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
© Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha dos EUA / Cabo. Therese EdwardsNovo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real. - Sputnik Brasil
2/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
© Foto / Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha dos EUA / Cabo. Therese EdwardsNovo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real. - Sputnik Brasil
3/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
© Foto / Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha dos EUA / Cabo. Therese EdwardsNovo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real. - Sputnik Brasil
4/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
1/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
2/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
3/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
4/4
Novo helicóptero do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, CH-53K King Stallion, resgata o helicóptero MH-60 Seahawk em sua primeira missão real.
De acordo com o tenente-coronel Luke Frank, oficial do Destacamento CH-53K responsável pelo VMX-1, após ser realizado um planejamento de duas semanas e montada uma equipe de mais de 25 fuzileiros navais e marinheiros, a operação de resgate foi iniciada com dois helicópteros CH-53K.
A nova aeronave de asa rotativa foi projetada para içar aproximadamente 14 toneladas em um raio de missão de 200 quilômetros em ambientes altos e quentes.
"Após seis meses de operações de voo com o CH-53K, o destacamento tinha toda a confiança nas capacidades da aeronave para conduzir a missão com segurança. Nossa principal preocupação eram os fatores ambientais que o pessoal de apoio em solo teria que suportar", afirmou Frank.
"Esta será com certeza a primeira de muitas, muitas missões bem-sucedidas para esta aeronave e para os esquadrões de carga pesada", concluiu.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала