Cidadão russo detido em Praga a solicitação das autoridades ucranianas

CC BY 2.0 / Flickr.com / Jozef Juris / Praga, República Tcheca (imagem referencial)
Praga, República Tcheca (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 12.09.2021
Nos siga noTelegram
Aleksandr Franchetti, que participou dos eventos de reunificação da Crimeia com a Rússia, foi detido na República Tcheca, onde enfrenta deportação para julgamento na Ucrânia, adverte representante crimeano.
Aleksandr Franchetti, um dos participantes da Primavera da Crimeia, como é chamado na Rússia o regresso em 2014 da península à posse do país, foi detido no aeroporto de Praga, República Tcheca, relatou no domingo (12) Aleksandr Molokhov, chefe do grupo de trabalho para questões jurídicas internacionais na representação permanente da República da Crimeia junto do presidente da Rússia.
"A República Tcheca, aparentemente, decidiu justificar na prática a inclusão na lista de países hostis à Rússia e mostrar serviço perante os neonazistas ucranianos. Hoje, um conhecido herói da Primavera da Crimeia, Aleksandr Franchetti, foi detido ilegalmente no aeroporto de Praga", disse Molokhov à Sputnik.
Segundo ele, as autoridades ucranianas apresentaram acusações contra Franchetti.
"Ele enfrenta a deportação imediata à Ucrânia para morte certa", sublinhou Molokhov.
A embaixada russa em Praga disse que a polícia confirmou a detenção. A seção consular da missão russa no país europeu já está envolvida no assunto.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала