Talibã captura e mata irmão do autoproclamado presidente afegão Saleh, diz fonte

© AFP 2022 / Wakil KohsarMilitante do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) passa por um salão de beleza com imagens de mulheres cobertas com tinta em Cabul, Afeganistão, 18 de agosto de 2021
Militante do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) passa por um salão de beleza com imagens de mulheres cobertas com tinta em Cabul, Afeganistão, 18 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 10.09.2021
Nos siga noTelegram
Nesta sexta-feira (10), uma fonte próxima das forças de resistência disse à Sputnik que o movimento Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) capturou e matou o irmão do autoproclamado presidente do Afeganistão, Amrullah Saleh.
Rohollah Azizi, irmão de Amrullah Saleh, tentava deixar a província de Panjshir em roupas civis e desarmado. Em um posto de controle, Azizi foi identificado pelo Talibã e morto a tiros, segundo informação de 1TVNews.
No entanto, um residente da província de Panjshir informou à Sputnik que Rohollah Azizi morreu há já vários dias, lutando conta os islamistas.
Uma fonte da Sputnik, próxima da resistência de Panjshir, informou que os talibãs (movimento proibido na Rússia como terrorista) capturaram e mataram o irmão de Saleh.
Há dias o Talibã declarou que controla totalmente a província de Panjshir. Foi informado que alguns combatentes da resistência foram neutralizados, enquanto outros fugiram. No entanto, a Frente de Resistência negou a declaração dos islamistas sobre a tomada da província e anunciou sua intenção de continuar a luta.
Amrullah Saleh serviu como primeiro vice-presidente afegão antes da chegada do Talibã ao poder. Depois da tomada de Cabul e fuga do presidente Ashraf Ghani em 15 de agosto, Saleh se proclamou o presidente do Afeganistão.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала