Talibã abre fogo para dispersar manifestantes de protestos contra Paquistão (VÍDEOS)

© AP Photo / Tariq AchakzaiMilitantes do grupo insurgente Talibã
Militantes do grupo insurgente Talibã - Sputnik Brasil, 1920, 07.09.2021
Nos siga noTelegram
Nesta terça-feira (7), afegãos saíram às ruas de Cabul protestando contra interferência do Paquistão nos assuntos internos do Afeganistão e o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) abriu fogo para dispersar a multidão que protestava.
O Talibã disparou para o ar para dispersar uma multidão de manifestantes que saiu às ruas de Cabul protestando contra a ingerência do Paquistão, de acordo com AFP.
Uma testemunha disse à Sputnik que os talibãs dispararam contra os manifestantes. Os manifestantes informaram que houve "muitas vítimas" após os disparos dos talibãs.
Centenas de pessoas participaram no protesto, segundo o canal local TOLO News. Os islamistas detiveram um operador de câmera do TOLO News que cobria os protestos. Os talibãs confiscaram sua câmera. Além disso, o Talibã prendeu várias mulheres que protestavam em Cabul perto do palácio presidencial.
Os protestos na capital afegã começaram após a visita do chefe dos serviços secretos do Paquistão, Faiz Hameed, a convite do Talibã. Um dos participantes do protesto afirmou à Sputnik que a ação começou ao norte de Cabul e percorreu a cidade até a embaixada paquistanesa.
Os manifestantes também gritaram slogans a favor das forças de resistência na província de Panjshir.
Anteriormente, o porta-voz dos islamistas, Zabihullah Mujahid, apelou ao povo afegão para se abster de protestos e manifestações porque o Afeganistão "acabou de sair da crise".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала