Rússia usará versão bilugar do novo caça Checkmate para atrair compradores estrangeiros

© Sputnik / Aleksei Maishev / Abrir o banco de imagensProtótipo do novo caça multifuncional leve de quinta geração da Rússia, Checkmate
Protótipo do novo caça multifuncional leve de quinta geração da Rússia, Checkmate - Sputnik Brasil, 1920, 03.09.2021
Nos siga noTelegram
Nesta sexta-feira (3), o ministro do Comércio da Rússia, Denis Manturov, afirmou que, embora o novo caça Checkmate, da Sukhoi, seja destinado à exportação, a Rússia não dependerá de investimento estrangeiro para financiar a construção do jato.
Um protótipo do caça de quinta geração foi revelado em julho, durante o Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2021.
Embora seja baseado na mesma tecnologia avançada usada no primeiro caça de quinta geração da Rússia, o Su-57, ele tem um número de características únicas, incluindo um único motor a jato ao invés de dois.
Apenas alguns caças de quinta geração são usados em torno do mundo, incluindo o Su-57, bem como o caça chinês J-20 Weilong e os norte-americanos F-22 Raptor e F-35 Lightning II.
Deles, apenas o F-35 foi vendido para outras nações, e o Checkmate é amplamente visto como um concorrente direto, especialmente por ter sido projetado para ser consideravelmente mais barato.
Como possíveis compradores estão os países do Oriente Médio, África do Norte e Sudeste Asiático, afirmou à Sputnik Dmitry Shugayev, diretor do Serviço Federal para Cooperação Técnico-Militar russo.
Manturov observou que os compradores estrangeiros perguntam frequentemente por versões bilugar das aeronaves, como a versão Su-30 do Su-27, então ele antecipou que a versão bilugar do Checkmate também será demandada. Entretanto, ele observou que a Força Aérea russa também contará com a nova versão.
A versão bilugar da aeronave pode servir para uma variedade de propósitos, incluindo o treinamento dos pilotos ou permitindo que um segundo piloto seja o oficial de armas.
Na próxima versão bilugar do Su-57 o segundo piloto será o responsável direto por um enxame de drones de combate Okhotnik, que podem acompanhar os caças furtivos durante as missões.
Estima-se que a entrega dos novos caças ocorra nos próximos seis anos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала