- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil teve 419 armas de fogo liberadas por dia pela PF no 1º semestre deste ano, diz mídia

© Folhapress / Erbs Jr.Empresas de Segurança e Armamentos participam da LAAD Defense e Security, maior feira do segmento na América Latina, que acontece no Rio Centro, em Jacarepaguá na zona oeste do Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 2020
Empresas de Segurança e Armamentos participam da LAAD Defense e Security, maior feira do segmento na América Latina, que acontece no Rio Centro, em Jacarepaguá na zona oeste do Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 24.07.2021
Nos siga noTelegram
No total, 76.329 novas armas entraram em circulação, representando um crescimento de 67%. Medidas de flexibilização por parte do governo federal são apontadas mais uma vez como responsáveis pela elevação dos números.

Segundo dados obtidos junto à Polícia Federal pela agência Fiquem Sabendo, especializada no acesso a informações públicas, a PF liberou a civis o equivalente a 419 armas de fogo por dia no país no primeiro semestre deste ano, segundo o Estadão.

No total, 76.329 novas armas entraram em circulação, representando um crescimento de 67% ante os primeiros seis meses de 2020. É a maior taxa em pelo menos 13 anos, segundo a mídia.

A elevação na aquisição de armamento foi notada em todos os estados, entretanto, em números absolutos, alguns se destacaram: Minas Gerais com 10.916 "novas" armas, seguido pelo Rio Grande do Sul (8.499) e Santa Catarina (6.460). Em termos proporcionais à população, Rondônia teve 16,9 novas armas por dez mil habitantes, Mato Grosso (15,8) e Acre (12,8) estão na frente.

Os números dizem respeito a armas concedidas na categoria "cidadão", que representa civis que buscam a autorização para arma própria, geralmente com intuito de defesa pessoal.

Armas concedidas a órgãos de segurança pública ou ao Judiciário são contabilizadas em outras categorias pela PF.

É sabido que o presidente Jair Bolsonaro defende o porte de armas e vem cada vez mais flexibilizando leis por meio de portarias e decretos que facilitam o acesso. Desde o início da sua gestão, o presidente já realizou 31 alterações de normas, diz a mídia.

Em meados de julho, foi divulgado, de acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que o Brasil alcançou em dezembro de 2020 a marca de 2.077.126 armas legais particulares, ou seja, uma arma para cada 100 brasileiros, conforme noticiado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала