Bélgica fecha reator nuclear após vazamento de hidrogênio

© AFP 2022 / EMMANUEL DUNANDEsta foto tirada em 12 de janeiro de 2016 mostra as torres de resfriamento da usina nuclear de Doel, na Bélgica, emitindo vapor branco e espesso
Esta foto tirada em 12 de janeiro de 2016 mostra as torres de resfriamento da usina nuclear de Doel, na Bélgica, emitindo vapor branco e espesso - Sputnik Brasil, 1920, 15.07.2021
Nos siga noTelegram
Um reator foi desligado manualmente na noite de 14 para 15 de julho depois que funcionários notaram um rápido aumento no consumo de hidrogênio.

A Agência Federal de Controle Nuclear (AFCN), afirmou nesta quinta-feira (15) que fechou um reator em uma das duas usinas nucleares do país depois que funcionários perceberam que houve vazamento de hidrogênio.

"O reator Doel 2 foi desligado manualmente na noite de 14 para 15 de julho depois que funcionários […] notaram um rápido aumento no consumo de hidrogênio pelo alternador, o que indicava um vazamento", lê-se no comunicado da AFCN.

Um dos dois reatores de Doel, cidade localizada no norte da Bélgica, foi desligado preventivamente para reduzir quaisquer riscos possíveis, acrescentou a agência. A causa do vazamento não é conhecida e o reator não reiniciará até que a falha seja encontrada.

A subsidiária belga da gigante francesa de energia Engie Electrabel disse que aumentou a vigilância nas usinas nucleares da região, que ficam próximas do rio Meuse, que pode transbordar em breve.

O risco de inundações ao redor da usina nuclear de Tihange [onde ficam os reatores Doel] permanece sob controle e não há perigo imediato para a usina nuclear. O operador Engie Electrabel aumentou preventivamente seu nível de vigilância.

Nos últimos dias, chuvas excepcionalmente fortes inundaram a Alemanha, Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos. Pelo menos oito pessoas morreram na Bélgica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала