Comando Espacial dos EUA define China como 'maior desafio' do país no espaço

CC BY 2.0 / Carolyn Kaster / Bandeira do Comando Espacial dos EUA, recentemente transformado em Força Espacial
Bandeira do Comando Espacial dos EUA, recentemente transformado em Força Espacial  - Sputnik Brasil, 1920, 25.05.2021
Nos siga noTelegram
O chefe do Comando Espacial dos EUA, James Dickinson, recordou a recente recuperação de rochas lunares por parte da China e seus esforços para construir sua própria estação espacial.

A China não é apenas o principal desafio para as forças terrestres dos EUA, como também representa um desafio no espaço, afirmou James Dickinson durante uma visita ao Japão, informa o portal Stars and Stripes.

"Nosso desafio atual são os chineses, por isso estamos observando como estão elevando sua capacidade espacial [...] Estamos vendo a expansão de seu programa espacial e estamos observando de perto", afirmou.

A União dos Cientistas Preocupados (UCS, na sigla em inglês) recorda que as potências globais como a China, Rússia e os EUA estão resistindo em colocar armas no espaço ou destruir bens espaciais, como os satélites, de outras nações.

No entanto, ressalta que a implantação de armas no espaço segue sendo provável a menos que haja um uma oposição internacional efetiva.

"Estamos vendo o que nossos competidores estão fazendo no espaço", observou Dickinson, explicando que, se surgir qualquer conflito, seu Comando aproveitaria as capacidades da Força Espacial dos EUA e de outras áreas militares, comunicando-se com elas e acessando os dados de posicionamento global e navegação necessários para apoiar as operações aéreas, marítimas e terrestres.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала