Novo estudo mostra que COVID-19 leve quase não causa complicações tardias graves

© REUTERS / Caroline ChiaPessoas usando máscaras de proteção atravessam uma estrada em Cingapura, 14 de maio de 2021
Pessoas usando máscaras de proteção atravessam uma estrada em Cingapura, 14 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2021
Nos siga noTelegram
As complicações graves são raras em casos leves da COVID-19, segundo um estudo realizado na Dinamarca que monitorou durante meio ano 10.500 dinamarqueses que tiveram o vírus na primavera de 2020.

Os infectados pelo coronavírus foram comparados a cerca de 80 mil dinamarqueses que testaram negativo para a COVID-19 no mesmo período, de acordo com a pesquisa publicada na revista The Lancet.

Na pesquisa, os cientistas não consideraram pessoas internadas, e focaram apenas nos casos leves da doença. Durante a pandemia, até 95% de mais de 250 mil dinamarqueses infectados pelo coronavírus não foram hospitalizados.

O estudo mostrou que os pacientes com COVID-19 usaram mais medicamentos para a asma e tiveram 20% mais contato com médicos do que as pessoas não infectadas. No entanto, ao longo de seis meses, o grupo não apresentou mais sequelas tardias do que o grupo que testou negativo para COVID-19.

"A conclusão é que o coronavírus leve raramente causa danos tardios graves. Muitas pessoas estão preocupadas com lesões crônicas posteriores mesmo que tenham acabado de se infectar. Mas não há nenhuma indicação de que isso é particularmente comum", disse Reimar W. Thomsen, médico-chefe do Hospital da Universidade de Aarhus e um dos autores do estudo.

"A grande maioria com a COVID-19 leve não tem nenhuma ou somente poucas lesões tardias sérias. Isso deve ser reconfortante, especialmente para os mais jovens onde a infecção está aumentando", afirmou Thomsen.

O médico citou vários outros estudos que sugerem que aproximadamente 10% dos infectados sofreram os efeitos tardios como fadiga, dificuldade de concentração ou olfato alterado por algumas semanas. Thomsen sublinhou que foram iniciadas várias pesquisas para obter números mais precisos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала