Marinha e Força Aérea de Israel afirmam ter atacado submarino do Hamas na costa da Faixa de Gaza

© REUTERS / Ibraheem Abu MustafaThe sun sets over the Mediterranean Sea off the coast of Gaza City as cross-border violence between the Israeli military and Palestinian militants continues, May 14, 2021.
The sun sets over the Mediterranean Sea off the coast of Gaza City as cross-border violence between the Israeli military and Palestinian militants continues, May 14, 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2021
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas de Israel dizem ter atacado um submarino do movimento palestino Hamas antes que tentasse realizar ataques em águas de Israel.

A Marinha e a Força Aérea israelenses atacaram um submarino do movimento palestino Hamas na costa da Faixa de Gaza, segundo a assessoria de imprensa das Forças de Defesa de Israel (FDI).

"Hoje [17], com o uso de reconhecimento aéreo e inteligência naval, as FDI avistaram vários suspeitos em uma embarcação que se acredita ser uma arma naval submersível do Hamas."

"A embarcação estava sendo transportada para a costa, presumivelmente para realizar um ataque em águas israelenses. Há algum tempo, um navio de guerra e uma aeronave das FDI atingiram os operadores e as armas para eliminar a ameaça", anunciaram os militares de Israel.

Fábrica é atacada

Além disso, Raed al-Dahshan, porta-voz de defesa civil de Gaza, contou à Sputnik que os bombeiros estão extinguindo um incêndio deflagrado em uma fábrica na Faixa de Gaza após um ataque aéreo israelense.

"Aviões israelenses atingiram nesta manhã [17] uma fábrica de colchões FOAMCO a leste do campo de refugiados de Jabalia, resultando em um enorme incêndio nos armazéns da fábrica devido à presença de substâncias inflamáveis. Os bombeiros estão lutando para conter o fogo", relatou.

No sábado (15), a Força Aérea de Israel atingiu uma fábrica na área de Beit Lahia, onde também foi extinto um incêndio.

A situação na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza palestina se agravou na noite do dia 11. Desde a escalada do conflito, mais de três mil foguetes foram disparados da Faixa de Gaza contra o território israelense, dos quais cerca de 1.210 foram interceptados. De acordo com as últimas informações, dez pessoas foram mortas em Israel e cerca de 50 pessoas foram gravemente feridas.

Israel também lançou centenas de contra-ataques à Faixa de Gaza. De acordo com o embaixador palestino em Moscou, o número de palestinos mortos nos ataques aéreos israelenses chegou a 218, incluindo 58 crianças.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала