Egito começa dragagem do canal de Suez após bloqueio de março (VÍDEO)

© AFP 2022 / Canal de SuezCargueiro Ever Given construído em 2018, com comprimento de quase 400 metros e largura de 59 metros, sendo um dos maiores navios de carga do mundo, encalhado no canal de Suez em 24 de março de 2021
Cargueiro Ever Given construído em 2018, com comprimento de quase 400 metros e largura de 59 metros, sendo um dos maiores navios de carga do mundo, encalhado no canal de Suez em 24 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2021
Nos siga noTelegram
Egito começou as obras de dragagem do canal de Suez, perto do lugar onde encalhou o navio cargueiro Ever Given em março, como parte do plano estratégico de desenvolvimento da via marítima.

A Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês) anunciou no sábado (15) o início das obras de dragagem do canal para garantir o tráfego em ambos os sentidos na parte sul perto da localidade onde em março o navio cargueiro Ever Given encalhou, bloqueando a via marítima.

"O tenente-general Osama Rabi, presidente da Autoridade do Canal de Suez, no sábado [15] foi testemunha do início de obras de dragagem na localidade do projeto de duplicação do canal que atualmente está sendo realizado no 122º quilometro ao sul do Grande Lago Amargo e do Pequeno Lago Amargo usando dragas no âmbito do projeto de desenvolvimento da entrada sul do leito do canal", segundo o comunicado da SCA.

Neste fim de semana, Egito começou as obras de dragagem do canal de Suez. Surgiram as primeiras imagens desta operação.

Em abril, Rabi afirmou que a autoridade estudava as variantes de dragagem do canal após o encalhamento do Ever Given. Como parte do plano estratégico de desenvolvimento do canal até 2023, é planejado aprofundar as partes da via onde a profundidade é inferior a 20 metros. O encalhamento aconteceu em uma área de cerca de 22 metros de profundidade.

O porta-contêineres Ever Given, que tem 400 metros de comprimento, seguia da China para o porto holandês de Roterdã, e encalhou em 23 de março. O encalhamento aconteceu no 151º quilometro do canal de Suez, bloqueando o tráfego marítimo por seis dias.

A embarcação foi arrastada do local onde encalhou em 29 de março após várias tentativas. Mais de 15 rebocadores participaram da operação. As últimas das 422 embarcações que estiveram na fila devido ao bloqueio da via passaram pelo canal somente em 3 de abril.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала