- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil: todos estados e DF estão com 'estoque crítico' para intubação, diz Ministério da Saúde

© REUTERS / Leonardo BenassattoTrabalhador chega com cilindro de oxigênio em hospital de Bauru, em São Paulo, no Brasil, no dia 23 de março de 2021
Trabalhador chega com cilindro de oxigênio em hospital de Bauru, em São Paulo, no Brasil, no dia 23 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 30.03.2021
Nos siga noTelegram
Segundo o Ministério da Saúde, todos os estados brasileiros e o Distrito Federal estão com um "estoque crítico" de abastecimento de medicamentos para intubação de pacientes.

O secretário de Atenção Especializada à Saúde do órgão, coronel Luiz Otávio Franco Duarte, admitiu, nesta terça-feira (30), que houve um "desequilíbrio nacional muito rápido".

Em meio a escalada no número de mortes por COVID-19 e o colapso em hospitais de diversas cidades do país, Duarte anunciou que o governo federal vai receber a importação de novos produtos para intubação através da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Segundo ele, o governo também tem conversas com a Espanha e com uma multinacional com sede no Brasil para receber doações. Há ainda uma "tentativa de doação" junto à União Europeia.

"Para essa semana, dependo de atitudes diretas com a indústria nacional", disse ao ressaltar que não há a perspectiva de que as importações cheguem nos próximos dias, conforme noticiado pelo Estadão.
© REUTERS / Amanda PerobelliProfissional da saúde em Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) para pacientes com COVID-19 em São Paulo.
Brasil: todos estados e DF estão com 'estoque crítico' para intubação, diz Ministério da Saúde - Sputnik Brasil, 1920, 30.03.2021
Profissional da saúde em Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) para pacientes com COVID-19 em São Paulo.

O levantamento do ministério aponta que todas as unidades federativas estão ficando sem bloqueadores musculares, sendo que 18 também sofrem com a escassez de sedativos (Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Groso do Sul, Mato Grosso, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins).

Além disso, nove estão com abastecimento insuficiente de analgésicos (Acre, Amapá, Alagoas, Distrito Federal, Ceará, Maranhão, Roraima, Rio de Janeiro e Tocantins).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала