Ministério da Saúde da Rússia recebe documentos para registro da vacina Sputnik Light

© Sputnik / Serviço de Imprensa do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia GamaleyaVacina russa contra coronavírus Sputnik Light
Vacina russa contra coronavírus Sputnik Light - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2021
Nos siga noTelegram
Nesta segunda-feira (29), o Ministério da Saúde da Rússia recebeu documentos para consideração do registro da vacina Sputnik Light contra o coronavírus, informa o Registro Estatal de Medicamentos russo.

"Vacina vetorial Sputnik Light para prevenção da infecção coronaviral causada pelo vírus SARS-CoV-2. Data de registro 29.03.2021", lê-se no registro.

Anteriormente, o Ministério da Saúde da Rússia deu permissão para início de testes clínicos da referida vacina.

Kirill Dmitriev, diretor-geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo), disse que Sputnik V não é apenas um medicamento, mas uma plataforma de vacinas.
© Sputnik / Konstantin Mikhaltchevsky / Abrir o banco de imagensVacinas Sputnik V contra a COVID-19 no Hospital Clínico Nº 7 de Simferopol, Rússia
Ministério da Saúde da Rússia recebe documentos para registro da vacina Sputnik Light - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2021
Vacinas Sputnik V contra a COVID-19 no Hospital Clínico Nº 7 de Simferopol, Rússia

Sputnik Light, desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, representa uma versão de uma única dose baseada em adenovírus humano. Por outro lado, a Sputnik V requer duas doses com um intervalo de 21 dias para imunização completa.

Além da Sputnik V e da Sputnik Light, Moscou vai também realizar três fases de testes clínicos de uma versão nasal da vacina.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала