- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

COVID-19 no Brasil: 'Meta é vacinar 1 milhão de pessoas por dia', diz novo ministro da Saúde

© AP Photo / Eraldo PeresManifestante protesta pelo início da vacinação contra a COVID-19 no Brasil, na frente do Palácio da Alvorada, Brasília, 8 de janeiro de 2021
Manifestante protesta pelo início da vacinação contra a COVID-19 no Brasil, na frente do Palácio da Alvorada, Brasília, 8 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.03.2021
Nos siga noTelegram
O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, concedeu sua primeira entrevista coletiva nesta quarta-feira (24) e disse que o presidente Jair Bolsonaro lhe deu carta branca para montar equipe de secretários.

De acordo com o novo ministro da Saúde, a média diária de vacinação atual é de 300 mil por dia. Agora, segundo Queiroga, a meta é triplicar em um curto prazo e conseguir imunizar 1 milhão de pessoas por dia.

"Temos condições de vacinar muitas pessoas. Atualmente, são 300 mil todos os dias. O Ministério da Saúde assume o compromisso de em curto prazo aumentar pelo menos em três vezes essa velocidade, chegando a 1 milhão de pessoas todos os dias. A meta é plausível", disse Marcelo Queiroga.

No Brasil chegou nesta quarta-feira (24) à marca de 300 mil mortes desde o início da pandemia. Desde o começo da vacinação no país, em 18 de janeiro, a média diária de vacinação tem sido em torno 190 mil pessoas.

© Foto / Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilO médico cardiologista Marcelo Queiroga, indicado para ser o novo ministro da Saúde, faz pronunciamento à imprensa.
COVID-19 no Brasil: 'Meta é vacinar 1 milhão de pessoas por dia', diz novo ministro da Saúde - Sputnik Brasil, 1920, 24.03.2021
O médico cardiologista Marcelo Queiroga, indicado para ser o novo ministro da Saúde, faz pronunciamento à imprensa.

Ao falar sobre a composição dos secretários do Ministério da Saúde, o novo ministro da Saúde disse que Bolsonaro lhe deu carta branca para a escolha da equipe. Além disso, foi anunciada uma secretaria específica para discutir medidas de combate à COVID-19.

"Nós estamos agora com um firme propósito, e essa é uma providência do momento, de instituir uma secretária especial para o combate à pandemia de COVID-19. Essa secretaria vai cuidar somente da pandemia. Porque sabemos que além da pandemia as pessoas continuam tendo outros males", completou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала