Capacidade da China de afastar Marinha dos EUA tem 'melhorado continuamente', diz Pentágono

© AP Photo / Ng Han GuanVeículos militares chineses transportando o míssil balístico DF-17 durante o desfile militar em homenagem aos 70 anos da criação da República Popular da China
Veículos militares chineses transportando o míssil balístico DF-17 durante o desfile militar em homenagem aos 70 anos da criação da República Popular da China - Sputnik Brasil, 1920, 21.03.2021
Nos siga noTelegram
Relatório de um think tank citado por mídia japonesa adverte que os mísseis balísticos terrestres ao longo da costa da China estão fazendo pender o equilíbrio militar na região para o lado de Pequim.

A capacidade da China de afastar a Marinha dos EUA no Pacífico Ocidental "melhorou constantemente", relata no sábado (20) o jornal Japan Times, citando um relatório de um think tank japonês publicado no final de março.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos de Defesa, o lançamento de mísseis balísticos antinavio implantados na costa chinesa está mudando o equilíbrio militar ao longo da "primeira cadeia de ilhas", uma linha de defesa traçada pela China ao largo da costa leste que inclui Okinawa, Taiwan e Filipinas, e afastando os porta-aviões norte-americanos dessas águas.

O relatório citado também inclui um aviso contra a "crescente assertividade marítima da China", uma vez que o país militarizou postos avançados em ilhotas disputadas no mar do Sul da China, ao mesmo tempo que suas embarcações da Guarda Costeira entraram repetidamente em águas japonesas perto das ilhas Senkaku, no mar da China Oriental ", chamadas ilhas Diaoyu na China e cuja posse é contestada pelos dois países.

Nobuo Kishi, ministro da Defesa do Japão, criticou a presença naval de Pequim perto do território disputado, e aludiu à possibilidade de conduzir exercícios militares conjuntos com os EUA junto das ilhas. Até agora, Tóquio e Washington têm evitado realizar exercícios conjuntos ao redor das ilhas, citando "o risco de aumentar as tensões com a China", segundo um alto funcionário do governo japonês citado no sábado (20) pelo jornal Yomiuri Shimbun.

O Instituto Nacional de Estudos de Defesa é uma unidade de pesquisa política do Ministério da Defesa do Japão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала