Índia vai fabricar cerca de 5.000 mísseis antitanque para aumentar capacidades de combate

CC BY-SA 3.0 / Fdchirico / MILAN (míssil antitanque)MILAN (míssil antitanque)
MILAN (míssil antitanque) - Sputnik Brasil, 1920, 19.03.2021
Nos siga noTelegram
Nesta sexta-feira (19), o Ministério da Defesa da Índia encomendou à empresa estatal Bharat Dynamics Limited (BDL) para fabricar 4.960 mísseis guiados antitanque Milan-2T como parte de um contrato militar no valor total de US$ 162 milhões (cerca de R$ 897 milhões).

O Milan-2T é uma ogiva antitanque guiada com alcance de 1.850 metros, produzida pela BDL sob licença do fabricante de mísseis MBDA, com sede na França.

"Estes mísseis podem ser disparados do solo, bem como de lançadores baseados em veículos, e são capazes podem ser usados como meios antitanque, tanto em tarefas ofensivas como defensivas. A introdução destes mísseis aumentará ainda mais a prontidão operacional das Forças Armadas", diz o comunicado do ministério, apontando também que se planeja completar seu comissionamento em três anos.
CC BY-SA 2.5 / Rajan Manickavasagam, Christian Alexander Tietgen / Míssil ar-ar Astra produzido na ÍndiaMíssil ar-ar Astra produzido na Índia
Índia vai fabricar cerca de 5.000 mísseis antitanque para aumentar capacidades de combate - Sputnik Brasil, 1920, 19.03.2021
Míssil ar-ar Astra produzido na Índia

O Exército da Índia possui cerca de 30 mil mísseis Milan 2T em seu arsenal que são posicionados ao longo das fronteiras a norte e oeste do país.

A empresa MBDA, sediada na França, transferiu a tecnologia de fabricação do míssil antitanque Milan 2T para a empresa indiana em 2009.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала