Erdogan chama de 'esplêndida' resposta de Putin às palavras de Biden

© REUTERS / Murad SezerPresidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, durante o anúncio de novo pacote de reformas econômicas, Istanbul, Turquia, 12 de março de 2021
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, durante o anúncio de novo pacote de reformas econômicas, Istanbul, Turquia, 12 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 19.03.2021
Nos siga noTelegram
A declaração do presidente norte-americano Joe Biden sobre seu homólogo russo Vladimir Putin é inaceitável para um chefe do Estado, o presidente russo deu uma resposta digna, disse o líder turco Recep Tayyip Erdogan.
"Não é uma declaração que poderia ser aceita e engolida. Tal declaração não é aceitável para um chefe do Estado. Ele [Putin] é mesmo inteligente, sua resposta foi esplêndida", afirmou Erdogan aos jornalistas, respondendo a uma pergunta sobre as palavras de Biden.

O comentário do presidente turco se seguiu à entrevista do presidente norte-americano Joe Biden que, ao responder a uma pergunta da mídia se ele considera seu homólogo russo um "assassino", concordou com a afirmação. Ele também observou que Putin "responderá" por suposta interferência nas eleições dos EUA. Em resposta à proposta do presidente russo de haver uma conversa franca entre os dois líderes, a Casa Branca anunciou que os líderes já conversaram e que os EUA mantêm contato com a liderança russa.

Ao comentar as palavras de Biden, Vladimir Putin desejou-lhe saúde e relembrou que cada um vê na outra pessoa aquilo que vê quando se olha no espelho. Ele notou que isto não é apenas uma piada, mas sim uma frase com significado.

De acordo com ele, a história de cada nação e cada Estado têm muitos eventos graves, dramáticos e sangrentos, e "quando avaliamos outras pessoas ou mesmo quando avaliamos outros países, outras nações, nós sempre como que olhamos no espelho".

Recentemente, o Ministério das Relações Exteriores russo informou que o embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, foi convocado para consultas em Moscou a fim de analisar as formas de corrigir a crise nas relações russo-americanas. A convocação ocorre após surgirem novas acusações dos EUA sobre suposta interferência russa nas eleições presidenciais. A missão diplomática russa nos Estados Unidos confirmou que o embaixador vai para a capital russa em 20 de março.

Ancara e Washington são aliados na OTAN, embora Erdogan e Biden ainda não tenham conversado desde que Biden virou novo presidente dos Estados Unidos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала