Erdogan aponta Síria como responsável por foguetes lançados no sul da Turquia (VÍDEO)

© AP Photo / Lefteris PitarakisCeylanpinar, província de Sanliurfa, sudeste da Turquia
Ceylanpinar, província de Sanliurfa, sudeste da Turquia - Sputnik Brasil, 1920, 19.03.2021
Nos siga noTelegram
Turquia responsabiliza Damasco por foguetes que caíram no sul do país e comunicam tropas na região para ficarem em alerta.

Nesta quinta-feira (18), foguetes caíram na província de Kilis, no sul da Turquia, de acordo com o Ministério da Defesa turco. Não houve feridos, mas o Ministério afirma que a Síria atira contra alvos determinados, segundo a agência Anadolu.

​Foguetes disparados da Síria caem no sul da Turquia.

A autoridade turca também enfatizou que as tropas na região "foram alertadas" e os desdobramentos estão sendo acompanhados.

"Foguetes determinados a serem disparados da Síria caíram em um campo vazio em Kilis. Nenhum cidadão ficou ferido e nenhum dano ou perda ocorreu no incidente. Uma notificação foi enviada para Federação da Rússia para interromper o tiroteio, e os alvos determinados foram imediatamente colocados sob fogo" disse o Ministério em comunicado citado pela mídia.

Nesta sexta-feira (19), o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, acusou as Forças Armadas sírias de terem realizado os disparos.

"Os foguetes que caíram em Kilis ontem foram disparados pelo regime [sírio] e respondemos como devíamos. Tais ataques são inaceitáveis, demos, damos e daremos uma resposta digna a tais ações", disse Erdogan a repórteres.

Tropas russas também estiveram presentes no norte da Síria sob acordos de cessar-fogo com a Turquia, segundo a mídia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала