Presidente da Tanzânia morre aos 61 anos

© REUTERS / Thomas MukoyaJohn Magufuli, ex-presidente da Tanzânia, que morreu no dia 17 de março de 2021.
John Magufuli, ex-presidente da Tanzânia, que morreu no dia 17 de março de 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 17.03.2021
Nos siga noTelegram
O presidente da Tanzânia, John Magufuli, morreu nesta quarta-feira (17) aos 61 anos. A informação foi confirmada pela vice-presidente do país, Samia Hassan Suluhu.

Segundo a vice-presidente, John Magufuli morreu em decorrência de uma "doença cardíaca".

"Caros tanzanianos, é triste anunciar que hoje, 17 de março de 2021, por volta das 18 horas [12 horas, no horário de Brasília] perdemos nosso bravo líder, o presidente John Magufuli, que morreu de doença cardíaca no hospital Mzena em Dar es Salaam, onde estava recebendo tratamento", afirmou Samia Hassan Suluhu, em entrevista à emissora estatal TBC.

Os rumores sobre uma possível piora no estado de saúde de Magufuli ganharam força desde o dia 27 de fevereiro, data da última aparição pública do político. Muitos especulavam que o presidente poderia ter sido infectado pela COVID-19.

Negacionista, Magufuli dizia que o novo coronavírus é fruto de um demônio ocidental e afirmava que a Tanzânia estava livre da COVID-19 sem oferecer dados de mortes e hospitalizações.

Além disso, o governo de Magufuli recomendava receitas caseiras para eliminar o novo coronavírus. Uma delas se tratava de uma bebida à base de gengibre, cebola, limão e pimenta.

Oficialmente, a Tanzânia tem 509 casos confirmados e 21 mortes causadas pelo vírus. As últimas infecções e vítimas foram registradas em 8 de maio de 2020.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала