Polônia decreta novas restrições em todo o país para conter novo coronavírus

© Sputnik / Aleksei Vitvitsky / Abrir o banco de imagensO ministro da Saúde da Polônia, Adam Niedzielski, durante uma coletiva de imprensa em Varsóvia sobre o aumento da incidência do novo coronavírus
O ministro da Saúde da Polônia, Adam Niedzielski, durante uma coletiva de imprensa em Varsóvia sobre o aumento da incidência do novo coronavírus - Sputnik Brasil, 1920, 17.03.2021
Nos siga noTelegram
As autoridades polonesas decidiram impor uma quarentena em todo o país devido à deterioração da crise epidemiológica provocada pelo novo coronavírus, declarou nesta quarta-feira (17) o ministro da Saúde, Adam Niedzielski.

"Não temos mais espaço para impor restrições em nível regional. A única solução é estendê-las por toda a Polônia", disse Niedzielski em entrevista coletiva.

O ministro especificou que o confinamento entrará em vigor no dia 20 de março e seguirá até 9 de abril. Quase todos os tipos de instalações, desde hotéis a centros educacionais, terão que fechar as portas.

"Se esse movimento não resultar no alívio da pandemia, ou pelo menos na desaceleração da terceira onda, o próximo passo seria um bloqueio típico, no qual teríamos que fechar absolutamente tudo", explicou, citado pela Reuters.

Niedzielski explicou que a principal razão para essa piora do surto da COVID-19 na Polônia se deve à propagação da cepa britânica do novo coronavírus.

"O percentual [de casos] da mutação britânica já chega a 52%", destacou.

As autoridades de saúde polonesas detectaram 25.052 novos casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, indicando um crescimento muito significativo em relação à última semana. O último balanço nacional aponta para um total de 1.956.974 pessoas infectadas pela COVID-19 desde o início da pandemia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала