- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil bate recorde com 2.340 mortes por COVID-19 em 24 horas

© Folhapress / Lalo de AlmeidaSepultadores carregam caixão com vítima da COVID-19 no cemitério da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, em 16 de março de 2021
Sepultadores carregam caixão com vítima da COVID-19 no cemitério da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, em 16 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.03.2021
Nos siga noTelegram
A fase mais aguda da pandemia no Brasil impressiona: o país ultrapassou a marca de 280 mil vítimas nesta terça-feira (16).

De acordo com o levantamento do Conass (Conselho Nacional de Secretários da Saúde), divulgado também pelo portal R7, foram 2.340 óbitos entre a tarde de ontem (15) e esta terça-feira (16).

O maior aumento registrado em um dia, até então, havia acontecido na última quarta-feira (14), quando 2.286 óbitos entraram nas estatísticas do país. 

Com a atualização, o Brasil ultrapassa 280 mil vítimas da doença causada pelo novo coronavírus. Ao todo, foram 281.626 desde o início da pandemia. A média móvel de mortes atingiu nova máxima, pelo 21º dia consecutivo. Nos últimos sete dias, ficou em 1.894.

O balanço de hoje (16) ainda mostra um acréscimo de 74.595 infecções com relação a ontem (15). Além disso, 11.594.204 pessoas já se infectaram com o coronavírus, das quais mais de 10,1 milhões já se curaram, segundo estimativas do Ministério da Saúde.

O Rio Grande do Sul ainda não transmitiu os dados de hoje (16) por razões técnicas. São Paulo, Minas Gerais e Paraná são os estados com maior número de casos de COVID-19.

© Folhapress / Futura PressO cemitério de Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte de São Paulo (SP), no dia em que o Brasil atingiu a marca das 250 mil mortes provocadas pela COVID-19
Brasil bate recorde com 2.340 mortes por COVID-19 em 24 horas - Sputnik Brasil, 1920, 16.03.2021
O cemitério de Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte de São Paulo (SP), no dia em que o Brasil atingiu a marca das 250 mil mortes provocadas pela COVID-19

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала