Novo sistema antimíssil da Rússia cria 'cúpula de ferro' sobre todo o país

© Sputnik / Vitaly Anikov / Abrir o banco de imagensSistema de mísseis e artilharia terra-ar Pantsir-S em exposição no aeródromo Tsentralnaya Uglovaya, perto de Vladivostok, Rússia
Sistema de mísseis e artilharia terra-ar Pantsir-S em exposição no aeródromo Tsentralnaya Uglovaya, perto de Vladivostok, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 15.03.2021
Nos siga noTelegram
O Distrito Militar Central russo recebeu o sistema de defesa antiaérea Fundament-M, que permite interconectar os mais recentes sistemas de mísseis e de radar em tempo real por todo o país.

O maior distrito militar da Rússia, o Distrito Militar Central, colocou em serviço de combate o Fundament-M, um novo sistema de comando e controle de defesa aérea que combina os sistemas de defesa antiaérea S-400 e Pantsir, bem como equipamentos de radar, em um único circuito, escreveu no domingo (14) o jornal Izvestia.

O novo sistema, do qual o Ministério da Defesa da Rússia informou que o Distrito Militar Central receberia cinco unidades, foi projetado para interconectar os mais recentes sistemas de mísseis e sistemas de radar.

"As bases para este sistema foram lançadas há 30 anos. Agora apenas está sendo concluída sua implementação utilizando tecnologias que estão disponíveis hoje. O sistema único de controle está sendo criado na vertical, começando com o Estado-Maior e o comando geral da Força Aeroespacial", disse Aleksandr Gorkov, ex-chefe da força de mísseis da Força Aérea.

Até agora a Rússia tinha sistemas de defesa aérea automatizados apenas nas direções oeste, noroeste e leste. Devido à Rússia central não ser prioritária, ela não tinha esses sistemas a nível de divisões e exércitos de defesa aérea, por isso a defesa antiaérea estava limitada a nível de regimentos.

Agora chegou a vez desses sistemas protegerem as regiões centrais, explicou Gorkov.

As estações móveis do sistema antiaéreo, montadas sobre chassis de caminhão, coletam e processam informações dos radares e as transmitem para os quartéis-generais e postos de comando da defesa antiaérea.

Ao contrário dos sistemas anteriores, o Fundament-M é universal e pode ser conectado simultaneamente com vários radares de diferentes tipos e propósitos, podendo também ser utilizado para o controle de tráfego aéreo de aeronaves civis.

As informações dentro do Fundament-M são enviadas através de canais de comunicação restritos ao centro de controle da Força Aeroespacial da Rússia, permitindo o monitoramento em tempo real da situação aérea em todo o país em tempos de paz e de guerra.

A região protegida pelo novo sistema inclui todos os Urais e a região do rio Volga, na parte europeia da Rússia. Sua área de cobertura também abarca a maior base da aviação estratégica da Rússia, que contém todos os bombardeiros Tu-160, além de Tu-95MS e Tu-22M3.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала