Grupo chinês Alibaba está sob ameaça de maior multa na história da China, diz mídia

© AP Photo / Ng Han GuanHomem e mulher em frente do logo do Alibaba Group, na sede da empresa em Hangzhou, China, 27 de maio de 2016
Homem e mulher em frente do logo do Alibaba Group, na sede da empresa em Hangzhou, China, 27 de maio de 2016 - Sputnik Brasil, 1920, 12.03.2021
Nos siga noTelegram
Com a investigação antitruste contra o Alibaba, o grupo de comércio eletrônico pode ser alvo da maior multa de sempre da história da China.

Os reguladores antitruste chineses planejam aplicar uma multa de valor recorde ao grupo Alibaba, segundo informou o jornal Wall Street Journal, citando fontes informadas.

Foi revelado que a multa pode superar os US$ 975 milhões (R$ 5,4 bilhões) que a empresa norte-americana Qualcomm, acusada da concorrência desleal, pagou em 2015.

Além disso, o Alibaba será obrigado a abandonar a prática de "er xuan yi", o que literalmente significa "escolher um de dois". Uma das queixas é de que o Alibaba pressiona os comerciantes locais e os "obriga" a venderem os seus produtos apenas em sua plataforma, punindo-os se os venderem em plataformas rivais.

A Administração Estatal da China de Controle e Regulamentação do Mercado começou uma investigação antitruste em relação ao Alibaba no fim de 2020. A empresa expressou sua disposição de cooperar com as autoridades e prometeu continuar realizando sua atividade habitual apesar da investigação.

O Alibaba Group é maior empresa de Internet da China, operando na esfera do comércio eletrônico desde 1999. O grupo possui as plataformas on-line Alibaba Pictures, AliExpress, Taobao e Tmall.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала