VÍDEO flagra meteoro do tamanho de bola de boliche explodindo com energia de 200 kg de TNT

© Foto / Pixabay / OpenClipartMeteoro cruzando céu noturno (imagem ilustrativa)
Meteoro cruzando céu noturno (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 10.03.2021
Nos siga noTelegram
No domingo (7), um meteoro sobrevoou os céus do Canadá, dando um espetáculo luminoso e estrondoso visto até do estado norte-americano de Vermont, no noroeste dos EUA.

De acordo com a Vigilância de Meteoros da NASA, a rocha espacial teria aparecido como uma bola de fogo brilhante sobre a parte norte de Vermont às 17h38 (15h38, no horário de Brasília), momentos antes do pôr do sol, entrando na atmosfera terrestre a uma velocidade de 19 quilômetros por segundo.

Ao explodir, o corpo celeste rochoso liberou uma energia equivalente a 200 quilos de TNT, o que sugere que o meteoro deveria pesar cerca de 45 quilos e ter 15 centímetros de diâmetro.

Um meteoro, viajando a aproximadamente 68 mil quilômetros por hora, foi flagrado nos céus do norte de Vermont e do Canadá durante o fim de semana, contaram oficiais.

"A rocha espacial se fragmentou fortemente, produzindo uma onda de pressão que abanou edifícios e gerou um estrondo que foi ouvido por todos os que estavam sob sua trajetória", afirmou a agência espacial norte-americana. A mesma acrescentou que "uma onda de pressão desse tipo também pode se acoplar ao solo, provocando pequeno 'terremotos' que podem ser captados pelos instrumentos sísmicos na zona".

A NASA explicou que a causa do fenômeno observado, isto é, a fratura do meteoro, teria sido a pressão atmosférica da Terra. Quando o corpo, do tamanho de uma bola de boliche e desprendido de um asteroide, se moveu a quase 55 vezes a velocidade do som através da atmosfera, a pressão se acumulou à sua frente e formou um espaço vazio atrás. Deste modo, a diferença de pressões aplicada na rocha a fez com que acabasse explodindo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала