Pesquisa: 89% dos norte-americanos veem a China como inimiga ou concorrente

© AP Photo / Lintao ZhangXi Jinping, presidente da China, à direita, aperta a mão de Joe Biden, então vice-presidente dos EUA, no Grande Salão do Povo de Pequim
Xi Jinping, presidente da China, à direita, aperta a mão de Joe Biden, então vice-presidente dos EUA, no Grande Salão do Povo de Pequim - Sputnik Brasil, 1920, 04.03.2021
Nos siga noTelegram
A maioria dos norte-americanos não vê a China como parceira e expressa preocupações crescentes sobre o histórico de direitos humanos e as práticas econômicas de Pequim, revelou uma nova pesquisa do Pew Research Center nesta quinta-feira (4).

De acordo com dados da pesquisa, 89% dos norte-americanos adultos veem a China como concorrente ou inimiga, e não como parceira. Além disso, o levantamento mostra que essa parcela dos cidadãos dos Estados Unidos apoia uma postura mais dura em relação à situação dos direitos humanos no país asiático, assim como em relação à economia chinesa. A maioria dos entrevistados também disse que apoiaria a limitação do número de estudantes chineses autorizados a estudar nos EUA.

Apesar disso, o Pew Research Center afirma que detectou uma divisão partidária significativa entre os norte-americanos em questões relativas à China. Os republicanos são mais propensos a descrever a China como inimiga e apontar uma série de questões nas relações bilaterais como problemas sérios, enquanto os democratas dizem que concordam em grande parte com os republicanos apenas em questões relacionadas aos direitos humanos.

© AP Photo / Andy WongBandeiras da China e dos EUA (imagem referencial)
Pesquisa: 89% dos norte-americanos veem a China como inimiga ou concorrente - Sputnik Brasil, 1920, 04.03.2021
Bandeiras da China e dos EUA (imagem referencial)

Ainda segundo a pesquisa, 36% dos democratas apoiam medidas para a limitação do poder e da influência da China, em comparação com 63% dos republicanos.

As opiniões também estão significativamente divididas em relação à confiança na capacidade do presidente dos EUA, Joe Biden, de lidar com a China. De um lado, 83% dos democratas dizem que estão confiantes na capacidade de Biden, enquanto apenas 19% dos republicanos acreditam no atual ocupante da Casa Branca para lidar com a questão, conforme aponta a pesquisa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала