Pentágono confirma morte após ataque a base americana no Iraque

© AFP 2022 / MANDEL NGANJohn Kirby está falando durante o briefing diário no Departamento de Estado em 6 de janeiro de 2015, Washington
John Kirby está falando durante o briefing diário no Departamento de Estado em 6 de janeiro de 2015, Washington - Sputnik Brasil, 1920, 03.03.2021
Nos siga noTelegram
Um funcionário contratado das Forças Armadas norte-americanas faleceu nesta quarta-feira (3) após o ataque de mais cedo contra uma base aérea utilizada pelos Estados Unidos no Iraque, informou o Pentágono.

De acordo com o porta-voz da Defesa dos EUA, John Kirby, a vítima em questão "sofreu um episódio cardíaco" enquanto se abrigava por conta dos projéteis. Ele morreu em seguida e, segundo o militar, citado pela Associated Press, não houve outro caso de baixas ou feridos.

Nesta quarta-feira (3), ao menos dez foguetes Katyusha atingiram a base aérea de Ain Al-Asad, que abriga militares norte-americanos, da coalizão internacional e forças iraquianas, na província ocidental de Anbar. 

​Até o momento, ninguém assumiu a responsabilidade por esse ataque, o primeiro a atingir uma instalação militar usada pelos EUA desde que Washington realizou um bombardeio contra uma estrutura supostamente ligada a uma milícia apoiada pelo Irã na Síria, perto da fronteira com o Iraque.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала