Primeiras vacinas contra COVID-19 chegam ao Uruguai

CC BY-SA 2.0 / Jimmy Baikovicius / Bandeira do Uruguai
Bandeira do Uruguai - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2021
Nos siga noTelegram
As primeiras 192 mil doses da vacina chinesa Sinovac contra a COVID-19 chegaram ao Uruguai na noite desta quinta-feira (25) vindas do Chile, informou o Ministério da Saúde do país em sua conta no Twitter.
"Às 23h07 chegaram as primeiras doses de vacinas do Laboratório Sinovac. Funcionários do MSP e do Laboratório Calmette verificam os procedimentos estabelecidos para o correto repasse ao laboratório e posterior distribuição das doses ao Laboratório as vacinas", disse o ministério.

O voo especial da Latam Cargo havia partido uma hora e meia antes de Santiago, no Chile, após uma escala técnica em Sydney desde sua partida inicial em Pequim na noite de quarta-feira (24).

© Amanda PerobelliEnfermeira segura dose da CoronaVac, vacina contra a COVID-19 fabricada pela farmacêutica chinesa Sinovac.
Primeiras vacinas contra COVID-19 chegam ao Uruguai - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2021
Enfermeira segura dose da CoronaVac, vacina contra a COVID-19 fabricada pela farmacêutica chinesa Sinovac.

O Uruguai foi um dos últimos países da América Latina a anunciar contratos de vacinas contra a COVID-19, além das que receberá por meio do mecanismo internacional Covax Facility, criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e a campanha de vacinação começará na segunda-feira, dia 1º de março.

Na terça-feira (23), o presidente Luis Lacalle Pou anunciou a chegada das doses do Sinovac e disse que a partir de 15 de março chegarão mais 1.558.000 doses da vacina chinesa.

Ele acrescentou que entre 8 de março e 26 de abril chegarão ao Uruguai cerca de 460 mil doses da vacina do laboratório norte-americano Pfizer, totalizando 2 milhões de doses. O Uruguai tem uma população de cerca de 3,4 milhões de habitantes.

© AP Photo / Matilde CampodonicoCriança com máscara para se proteger do coronavírus no Uruguai
Primeiras vacinas contra COVID-19 chegam ao Uruguai - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2021
Criança com máscara para se proteger do coronavírus no Uruguai

A campanha de vacinação começará atendendo educadores, exceto profissionais universitários, policiais e bombeiros ativos, trabalhadores do Instituto Nacional da Criança e do Adolescente do Uruguai (que atende crianças abandonadas, órfãs, vítimas de violência e separadas de seus pais ou que cometeram crimes) , e a todos os menores de 60 anos.

Até quinta-feira (25), o Uruguai registrava 55.695 casos de coronavírus e 595 mortes desde março do ano passado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала