Painel consultivo diz que vacina da Johnson & Johnson deve ser autorizada nos EUA

© AP Photo / Jerome DelayTécnico de laboratório estuda amostras de sangue de voluntários que tomaram a vacina contra a COVID-19 da Johnson & Johnson em Groblersdal, na África do Sul
Técnico de laboratório estuda amostras de sangue de voluntários que tomaram a vacina contra a COVID-19 da Johnson & Johnson em Groblersdal, na África do Sul - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2021
Nos siga noTelegram
Um painel de consultores especializados da FDA dos EUA votou a favor da autorização da vacina de dose única contra a COVID-19 da farmacêutica Johnson & Johnson para uso de emergência.

Com a decisão tomada nesta sexta-feira (26), a Food and Drug Administration (FDA) — agência que regula medicamentos nos Estados Unidos — deu um passo importante para o lançamento do produto no país, segundo publicou a Reuters.

​É provável que a FDA autorize a vacina para uso de emergência dentro de um ou dois dias, tornando-a a terceira disponível nos EUA e a única que requer uma única aplicação.

O painel formado por médicos, especialistas em doenças infecciosas e pesquisadores médicos votou unanimemente que os benefícios da vacina superam os riscos em pessoas com 18 anos ou mais.

A J&J disse que será capaz de entregar de três a quatro milhões de doses de sua vacina na próxima semana se receber a autorização de uso de emergência, como esperado.

© AP Photo / Ted S. WarrenHomem infectado com a COVID-19 recebe potencial vacina nos EUA
Painel consultivo diz que vacina da Johnson & Johnson deve ser autorizada nos EUA - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2021
Homem infectado com a COVID-19 recebe potencial vacina nos EUA

Mais de 50 milhões de vacinas foram administradas em todo o país, um marco destacado pelo presidente Joe Biden na quinta-feira (25).

Mas o surgimento de novas variantes de vírus altamente contagiosas apenas aumentou a urgência de imunizar centenas de milhões de pessoas contra um vírus que já matou mais de meio milhão nos EUA.

Em um ensaio clínico com 44 mil pessoas, a vacina da J&J, em geral, foi 66% eficaz na prevenção de casos moderados a graves de COVID-19 em comparação a um placebo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала