- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Fiocruz Amazônia anuncia nova ferramenta para detecção rápida de variantes do SARS-CoV-2

© Folhapress / Luciano ClaudinoMinistério Público do Trabalho (MPT) realiza testes gratuitos de COVID-19 do tipo RT-PCR, no CIS Guanabara em Campinas, interior de São Paulo, no dia 11 de janeiro de 2021
Ministério Público do Trabalho (MPT) realiza testes gratuitos de COVID-19 do tipo RT-PCR, no CIS Guanabara em Campinas, interior de São Paulo, no dia 11 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.02.2021
Nos siga noTelegram
A novidade possibilitará a identificação das cepas do Amazonas, da África do Sul e do Reino Unido através do teste do PCR. Com isso, os pesquisadores poderão rastrear de maneira mais ágil as mutações do vírus sem a necessidade de realizar o sequenciamento.

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) anunciou, nesta quarta-feira (24), a criação de uma nova ferramenta que permite a identificação rápida de variantes do SARS-CoV-2, após o teste do método do RT-PCR, indicado para diagnóstico da doença na fase aguda.

Assim, será possível verificar de maneira mais ágil os locais por onde circulam três novas cepas: a brasileira, surgida no Amazônia, e também as da África do Sul e do Reino Unido.

"Existem outros protocolos semelhantes, mas este foi validado frente a 87 amostras já sequenciadas, o que nos dá uma confiança muito grande no resultado", comemora o vice-diretor de Pesquisa e Inovação da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca.
© Foto / Ione MorenoLiberação de pacientes tratados da COVID-19, na Fundação Doutor Thomas, em Manaus
Fiocruz Amazônia anuncia nova ferramenta para detecção rápida de variantes do SARS-CoV-2 - Sputnik Brasil, 1920, 24.02.2021
Liberação de pacientes tratados da COVID-19, na Fundação Doutor Thomas, em Manaus

Segundo o pesquisador, a ferramenta possibilitará produzir centenas de amostras por dia. O resultado do exame de PCR sai muito mais rápido do que a análise de sequenciamento para identificação das variantes.

Naveca explica que, por enquanto, a ferramenta não conseguirá atender a toda a demanda do país, já que a quantidade de insumos à disposição não é suficiente.

Porém, a Fiocruz Amazônia informou que espera que em breve a novidade já esteja disponível para outras regiões do Brasil.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM) será o primeiro a receber o produto. Em seguida, Rondônia, Roraima, Mato Grosso do Sul, Ceará, Rio de Janeiro, entre outros laboratórios interessados, devem ter acesso à ferramenta, de acordo com o instituto.

"A Fiocruz já tem uma decisão de incluir esse ensaio no diagnóstico. Então, além do diagnóstico dizendo se é SARS-CoV-2 ou não, também será incluída a diferenciação para avaliar se é uma das três variantes de importância", disse Naveca.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала