- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Deputado Daniel Silveira tem perfis no Facebook e no Instagram retirados do ar

© Folhapress / Betinho Casas NovasDeputado federal Daniel Silveira (PSL) chega ao IML do Rio de Janeiro (RJ) nesta quarta-feira (17) para fazer exame de corpo de delito após ser preso por determinação do ministro do STF, Alexandre de Moraes
Deputado federal Daniel Silveira (PSL) chega ao IML do Rio de Janeiro (RJ) nesta quarta-feira (17) para fazer exame de corpo de delito após ser preso por determinação do ministro do STF, Alexandre de Moraes - Sputnik Brasil, 1920, 19.02.2021
Nos siga noTelegram
Deputado federal, que publicou vídeo com ofensas a ministros do Supremo e defender o AI-5, está detido desde terça-feira (16).

Os perfis do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) nas redes sociais Facebook e Instagram não estão mais disponíveis. Nesta sexta-feira (19), a página do deputado no Instagram diz "perfil restrito", enquanto o link para o Facebook mostra a mensagem "esta página não está disponível".

Silveira foi detido na noite de terça-feira (16) após a publicação de vídeo em que diz desejar que Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), levasse uma "surra". O deputado também ofende outros magistrados da Corte e pede o seu fechamento. O parlamentar já vinha sendo investigado no STF por participação em atos antidemocráticos e publicação de fake news.

© Folhapress / João Gabriel Alves/Agência EnquadrarO deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), no Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, no dia 18 de fevereiro de 2021
Deputado Daniel Silveira tem perfis no Facebook e no Instagram retirados do ar - Sputnik Brasil, 1920, 19.02.2021
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), no Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, no dia 18 de fevereiro de 2021

No dia seguinte à prisão, o STF decidiu por unanimidade manter o deputado preso. Após a notícia da detenção do afiliado, o presidente nacional do PSL, deputado federal Luciano Bivar, afirmou que o partido está "tomando todas as medidas jurídicas cabíveis" para a expulsão de Silveira.

Na quinta-feira (18), Polícia Federal (PF) encontrou dois celulares na sala em que o deputado estava detido, no prédio da superintendência da corporação, no Rio de Janeiro. A PF abriu inquérito para investigar o episódio.

Nesta sexta-feira (19), a Câmara dos Deputados terá uma sessão deliberativa para tratar da apreciação da medida cautelar do STF contra o parlamentar. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала