Cientistas explicam causa de dores estranhas no corpo causadas por COVID-19 (FOTO)

© REUTERS / PoolProfissional de saúde atende um paciente em uma enfermaria temporária montada durante o surto da COVID-19, África do Sul, 19 de janeiro de 2021
Profissional de saúde atende um paciente em uma enfermaria temporária montada durante o surto da COVID-19, África do Sul, 19 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.02.2021
Nos siga noTelegram
Cientistas norte-americanos explicaram pela primeira vez as causas das dores em articulações e músculos que alguns pacientes da COVID-19 apresentam, ilustrando os casos com imagens radiológicas.

Cientistas norte-americanos realizaram um estudo retrospectivo entre pacientes que estiveram internados no Hospital Memorial do Noroeste em Chicago, EUA, no período de maio de 2020 a dezembro de 2020. Os pacientes, durante ou depois da infecção pela COVID-19, tiveram sintomas estranhos, segundo estudo que será publicado na revista Skeletal Radiology.

Os autores examinaram os pacientes usando um complexo de métodos radiológicos, como tomografia, ressonância magnética e ultrassom, e descobriram que os sintomas musculoesqueléticos após infecção pelo coronavírus são frequentemente ligados à resposta autoimune do organismo.

"Entendemos que o coronavírus obriga o organismo a se atacar a si mesmo, o que pode levar a problemas reumatológicos, exigindo um tratamento prolongado", afirmou Swati Deshmukh, professor adjunto de radiologia musculoesquelética da Escola de Medicina Feinberg da Universidade do Noroeste, EUA.

© Foto / Universidade do NoroesteImagem da ressonância magnética de ombro de paciente. A seta vermelha aponta a inflamação na articulação. O vírus causou artrite reumatoide no paciente com dor prolongada após todos os outros sintomas da COVID-19 já desaparecerem
Cientistas explicam causa de dores estranhas no corpo causadas por COVID-19 (FOTO) - Sputnik Brasil, 1920, 17.02.2021
Imagem da ressonância magnética de ombro de paciente. A seta vermelha aponta a inflamação na articulação. O vírus causou artrite reumatoide no paciente com dor prolongada após todos os outros sintomas da COVID-19 já desaparecerem

"A maioria dos pacientes com deficiência motora após COVID-19 se recupera, mas para alguns os sintomas viram tão sérios que podem afetar sua qualidade de vida", comentou Deshmukh.

As imagens ajudam os médicos a distinguir a dor simples no corpo como ocorre, por exemplo, na gripe, da dor em articulações e músculos causada pela COVID-19. Em alguns casos, a diagnose de coronavírus é obtida devido à tomografia, segundo Deshmukh.

Os métodos radiológicos permitem ver diferentes formações celulares: inchaços e alterações inflamatórias nos tecidos, hematomas ou tecidos mortos que evidenciam o início de gangrena.

"É importante distinguir o que é causado diretamente pelo vírus do que é ligado à reação de resposta do organismo. Para um tratamento correto, os médicos precisam de saber o que está passando", acrescentou o cientista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала