- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Defensoria Pública afirma que Búzios, no RJ, pode ter surto de COVID-19 após o Carnaval

© AP Photo / Bruna PradoPessoas disfrutam da praia de Ipanema durante o surto do novo coronavírus, Rio de janeiro, Brasil, 17 de janeiro de 2021
Pessoas disfrutam da praia de Ipanema durante o surto do novo coronavírus, Rio de janeiro, Brasil, 17 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.02.2021
Nos siga noTelegram
A Defensoria Pública de Saúde do município, localizado na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, entende que a fiscalização de estabelecimentos está muito abaixo do nível necessário.

A chegada do Carnaval já havia ligado o sinal de alerta das autoridades brasileiras diante da possibilidade de pequenas cidades enfrentarem surtos de COVID-19.

De acordo com informações do jornal O Globo, Armação dos Búzios foi palco para diversas festas clandestinas nos últimos dias. Por meio da operação "Stop the Party", a Guarda Civil do município tem fiscalizado diversos estabelecimentos por práticas ilegais.

No entanto, de acordo com a Defensoria Pública da cidade, as ações não têm dado conta de autuar todos os pontos de aglomeração. Segundo o órgão, isso pode aumentar exponencialmente o número de infectados pela COVID-19 nas próximas semanas, sobrecarregando os hospitais locais.

Apenas ontem (15), as forças de segurança da prefeitura interditaram 20 barcos que receberiam festas. Para a defensora pública da região, Raphaela Jahra, ouvida pela reportagem, a atuação policial em Búzios está abaixo do recomendado desde as festas de fim de ano, após a decisão judicial determinando a retirada do lockdown na cidade.

© AP Photo / Bruna PradoMulher em Búzios batendo na panela protesta contra imposição de medidas restritivas no município, 18 de dezembro de 2020
Defensoria Pública afirma que Búzios, no RJ, pode ter surto de COVID-19 após o Carnaval - Sputnik Brasil, 1920, 16.02.2021
Mulher em Búzios batendo na panela protesta contra imposição de medidas restritivas no município, 18 de dezembro de 2020
Segundo ela, o afrouxamento das medidas de segurança impactou o poder de intervenção direto da defensoria, impedindo que a fiscalização ocorresse na medida necessária neste feriado.

Na madrugada desta segunda-feira (15), dez estabelecimentos foram notificados. Entre eles, a maior casa de festas da região. O local recebeu infração grave e foi multado em aproximadamente R$ 2.300.

Segundo dados divulgados pela prefeitura local, entre sábado (13) e domingo (14), mais de 20 festas foram paralisadas, sendo que três delas receberam penalizações consideradas graves.

Caso os estabelecimentos notificados descumpram novamente as regras públicas, eles receberão multas e poderão ter o alvará cassado.

Aumento de contágio

De acordo com a última atualização do Painel COVID-19 do estado do Rio de Janeiro, divulgado no dia 10 de fevereiro, a cidade de Búzios está em bandeira amarela, com baixo risco de contágio. No entanto, com as aglomerações das festas, o município pode entrar novamente em bandeira vermelha, como ocorreu em dezembro.

Atualmente, a taxa de ocupação das UTIs na cidade está em 34,48% e o monitoramento do nível de lotação dos hospitais está sendo realizado pela Defensoria Pública.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала