Antigo osso de vaca mudaria história de alfabeto usado na Europa Oriental (FOTOS)

© Foto / Pixabay / Anders_MejlvangRunas (imagem referencial)
Runas (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 12.02.2021
Nos siga noTelegram
Um osso de vaca com inscrições do século VII provou que as runas germânicas seriam a escrita mais antiga já utilizada pelos eslavos, declararam cientistas tchecos na quinta-feira (11).

De acordo com o portal Phys.org, até hoje acreditava-se que o alfabeto eslavo mais antigo seria o glagolítico, inventado pelo monge bizantino São Cirilo no século IX. Contudo, uma equipe internacional de pesquisadores tchecos, suíços, austríacos e australianos provou que tal teoria estava, afinal, errada, ao analisar um osso de vaca descoberto em 2017.

"A equipe descobriu que é a inscrição mais antiga encontrada entre eslavos", declarou Jiri Machacek, que liderou a pesquisa, da Universidade Masaryk em Brno.
© Foto / Jitka Janu / Masaryk UniversityOsso de vaca com inscrição rúnica do século VII
Antigo osso de vaca mudaria história de alfabeto usado na Europa Oriental (FOTOS) - Sputnik Brasil, 1920, 12.02.2021
Osso de vaca com inscrição rúnica do século VII

A equipe de cientistas fez testes genéticos e de radiocarbono para examinar o osso. "Estas análises sensíveis mostram que o osso provém de gado domesticado que viveu aproximadamente em 600 d.C.", afirmou Zuzana Hofmanova, membro da equipe e analista da Universidade de Friburgo, na Suíça.

© Foto / Jitka Janu / Universidade de MasarykTeste de radiocarbono em fragmento de osso de vaca
Antigo osso de vaca mudaria história de alfabeto usado na Europa Oriental (FOTOS) - Sputnik Brasil, 1920, 12.02.2021
Teste de radiocarbono em fragmento de osso de vaca

Robert Nedoma, da Universidade de Viena, identificou a inscrição como velho Futhark, utilizado pelos falantes de língua germânica na Europa Central entre os séculos II e VII. Este antigo alfabeto era composto por 24 caracteres, sendo que os últimos sete estariam escritos no osso analisado.

"É provável que o osso, originalmente, conteria todo o alfabeto rúnico. Logo, não seria uma mensagem específica, mas antes uma ferramenta de ensino", deduziram os cientistas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала