Sonda Tianwen-1 da China 'diz olá' e alcança órbita de Marte após meses de viagem

© AFP 2022 / Noel CelisFoguete Long March-5 ascendendo do Centro de Lançamento Espacial Wenchang na província de Hainan, sul da China, 23 de julho de 2020
Foguete Long March-5 ascendendo do Centro de Lançamento Espacial Wenchang na província de Hainan, sul da China, 23 de julho de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 10.02.2021
Nos siga noTelegram
A nave espacial chinesa Tianwen-1, que com outras missões espaciais ao Planeta Vermelho, carrega um rover, atingiu a órbita de Marte, e deverá pousar em maio de 2021.

A sonda chinesa Tianwen-1 entrou com êxito na órbita de Marte, após ser lançada em julho de 2020 e percorrer milhões de quilômetros para chegar lá, anunciou a Agência Espacial da China.

"Às 19h52 [horário local, e 08h52, horário de Brasília] de 10 de fevereiro de 2021, a sonda Tianwen-1 da China na primeira missão de exploração de Marte do país [...] entrou com sucesso em uma órbita oval de Marte em uma altura de cerca de 400 quilômetros, um tempo de ciclo de cerca de dez dias terrestres e uma inclinação de dez graus", disse a organização, segundo citada pela Rádio Nacional da China.

A sonda, a primeira lançada pelo país asiático a Marte, permanecerá em órbita até maio de 2021. Se a Tianwen-1 pousar com sucesso, a China será o segundo país, depois dos EUA, a pousar um rover no Planeta Vermelho, o que é planejado que aconteça na Utopia Planitia, uma vasta planície localizada no hemisfério norte marciano. O rover de 250 quilos deverá então explorar a superfície e estudar as estruturas geológica, ambiental e atmosférica marcianas por um período de pelo menos 90 dias.

© AP Photo / Administração Espacial Nacional da China Sonda Tianwen-1 a caminho de Marte, 16 de dezembro de 2020
Sonda Tianwen-1 da China 'diz olá' e alcança órbita de Marte após meses de viagem - Sputnik Brasil, 1920, 10.02.2021
Sonda Tianwen-1 a caminho de Marte, 16 de dezembro de 2020

No sábado (6), a sonda Tianwen-1 tirou sua primeira foto de Marte.

Na terça-feira (9) a órbita de Marte já foi visitada pela sonda Hope dos Emirados Árabes Unidos. Além disso, em 18 de janeiro deverá pousar com seu próprio rover a Perseverance dos EUA, informa o jornal The Guardian.

Todas as naves espaciais partilham o objetivo de estudar o solo marciano, de forma a que futuras missões possam levar à Terra amostras úteis para os cientistas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала