Advogados de Trump qualificam julgamento de impeachment como 'inconstitucional'

© REUTERS / Carlos BarriaDonald Trump, presidente dos EUA, acena no mesmo dia em que deixa o cargo, no aeroporto internacional de Palm Beach, Flórida, EUA, 20 de janeiro de 2021
Donald Trump, presidente dos EUA, acena no mesmo dia em que deixa o cargo, no aeroporto internacional de Palm Beach, Flórida, EUA, 20 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 08.02.2021
Nos siga noTelegram
Os advogados do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump (2017-2021) rejeitaram o artigo de impeachment contra ele redigido pela Câmara dos Representantes (Deputados) nesta segunda-feira (8).

Os advogados de Trump qualificam o texto como inconstitucional, em um documento apresentado antes do início da fase de argumentação no Senado, que começa na terça-feira (9).

"O artigo de impeachment apresentado pela Câmara dos Representantes é inconstitucional por várias razões, qualquer uma delas suficiente para sua imediata revogação", afirmou a equipe de defesa do ex-presidente norte-americano.

Trump enfrenta um julgamento no Senado depois de ser acusado de "incitar a insurreição" na Câmara dos Representantes, quando um grupo de seus apoiadores entrou no Capitólio dos EUA para protestar contra legisladores que certificavam os resultados eleitorais de estados, que Trump alegou serem inválidos e tiraram dele a vitória nas urnas.

© AP Photo / J. Scott ApplewhiteCasa dos Representantes dos EUA
Advogados de Trump qualificam julgamento de impeachment como 'inconstitucional' - Sputnik Brasil, 1920, 08.02.2021
Casa dos Representantes dos EUA
"O Senado deveria descartar essas acusações e absolver o presidente porque isso claramente não é o que os autores queriam ou o que a Constituição permite", diz o documento da defesa do ex-presidente.

A equipe de defesa argumentou que o Senado não tem jurisdição sobre Trump porque ele não detém cargo público do qual possa ser destituído.

O documento também cita que as alegações contra Trump são "evidentemente erradas" e não atendem "ao padrão constitucional para qualquer crime, quanto mais para um delito de impeachment".

Os advogados de Trump também acusaram a Câmara dos Representantes, liderada pelos democratas, de não conduzir qualquer investigação significativa que permitiria "que as posições do 45º presidente fossem ouvidas".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала