Eleição presidencial no Equador: boca de urna indica 2º turno

© REUTERS / Cecilia PueblaAs pessoas fazem fila do lado de fora de uma seção eleitoral para votar durante as eleições presidenciais em Olmedo, Equador.
As pessoas fazem fila do lado de fora de uma seção eleitoral para votar durante as eleições presidenciais em Olmedo, Equador. - Sputnik Brasil, 1920, 07.02.2021
Nos siga noTelegram
Primeiros resultados devem sair a partir de 21h00 (horário de Brasília). Andrés Arauz, aliado do ex-presidente Rafael Correa, e Guillermo Lasso, ex-banqueiro, devem fazer uma nova disputa.

Terminou a votação no Equador que decidirá qual dos 16 candidatos será o próximo presidente do país. Os equatorianos também votaram para eleições parlamentares. Serão eleitos 137 novos integrantes da Assembleia Nacional. 

Segundo pesquisas de boca de urna divulgadas pelo jornal "El Mercurio", os dois principais concorrentes são Andrés Arauz, um economista de 35 anos apoiado pelo ex-presidente Rafael Correa, e Guillermo Lasso, ex-banqueiro que está em segundo. É a terceira vez que ele concorre.

O instituto Cedatos apurou que Arauz recebeu 34,99% votos, e Lasso foi escolhido por 20,99% dos eleitores. No Equador, a disputa pode ser decidida na primeira rodada de votação se um dos candidatos tiver 40% e mais de dez pontos percentuais a mais que o segundo colocado ou se somar mais de metade dos votos.

O vencedor do pleito substituirá o presidente Lenín Moreno em 24 de maio.

© AFP 2022 / Presidência do EquadorLenín Moreno, presidente do Equador
Eleição presidencial no Equador: boca de urna indica 2º turno - Sputnik Brasil, 1920, 07.02.2021
Lenín Moreno, presidente do Equador

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала