Peru anuncia compra de 20 milhões de vacinas da Pfizer e negocia outros 8 imunizantes

© Foto / Presidência PeruO presidente do Peru, Francisco Sagasti
O presidente do Peru, Francisco Sagasti - Sputnik Brasil, 1920, 04.02.2021
Nos siga noTelegram
O presidente do Peru, Francisco Sagasti, disse nesta quinta-feira (4) que o governo do país selou um acordo com a Pfizer para a compra de 20 milhões de doses de vacinas contra a COVID-19.

O anúncio do acordo foi feito em uma mensagem transmitida pela televisão. O presidente disse que as primeiras 250 mil doses chegarão em março, e mais 300 mil doses devem estar disponíveis para o Peru em abril.

Presidente @FSagasti: Já fechamos o acordo com a Pfizer para nos entregar 250.000 doses de vacinas em março e 300.000 em abril, num total de 20 milhões de doses a serem distribuídas nos meses seguintes.

O governo peruano aprovou no início desta semana o uso da vacina da Pfizer. O Peru luta contra um novo pico da pandemia, com hospitais à beira do colapso. No total, o país acumula 1,1 milhão de casos de COVID-19, além de 41,5 mil mortes causadas pela doença, segundo números da Universidade Johns Hopkins.

A ministra da Saúde do país, Pilar Mazzetti, alertou para o aumento das infecções em janeiro de 2021, destacando que a cepa encontrada em Manaus já está em três regiões do Peru (Loreto, Huánuco e Lima). Ela lembrou também que a variante britânica está no país desde o início de janeiro.

Na semana passada, o Peru já havia autorizado a importação e a aplicação de um milhão de doses da vacina do laboratório chinês Sinopharm. O primeiro lote das vacinas chinesas deve chegar ao país no dia 13 de fevereiro.

© AP Photo / Mark SchiefelbeinEm Pequim, uma caixa de uma vacina contra a COVID-19 da farmacêutica chinesa Sinopharm é exibida durante uma feira internacional, em 5 de setembro de 2020
Peru anuncia compra de 20 milhões de vacinas da Pfizer e negocia outros 8 imunizantes - Sputnik Brasil, 1920, 04.02.2021
Em Pequim, uma caixa de uma vacina contra a COVID-19 da farmacêutica chinesa Sinopharm é exibida durante uma feira internacional, em 5 de setembro de 2020

O Peru tem um acordo com a AstraZeneca para o recebimento de 14 milhões de vacinas, que devem chegar no segundo semestre de 2021. O país receberá, ainda, doses do consórcio COVAX.

O governo peruano afirmou que está em negociações avançadas com a Johnson & Johnson para a compra de cinco milhões de vacinas Janssen. Além disso, negocia para adquirir também as vacinas CoronaVac e Sputnik V e os imunizastes desenvolvidos pela Moderna, Novavax e Curevac, conforme noticia a Reuters.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала