EUA: força-tarefa contra COVID-19 diz que novos casos estão em declínio, mas variantes são ameaça

© REUTERS / Bryan WoolstonPessoas fazem fila em busca de auxílio desemprego nos em Kentucky, nos Estados Unidos.
Pessoas fazem fila em busca de auxílio desemprego nos em Kentucky, nos Estados Unidos. - Sputnik Brasil, 1920, 03.02.2021
Nos siga noTelegram
Novos casos e hospitalizações devido à COVID-19 parecem estar em trajetória de queda nos EUA, enquanto o governo de Joe Biden continua confiante de que pode atingir a meta de 100 milhões de vacinações em 100 dias.

A afirmação foi feita nesta quarta-feira (3), pela força-tarefa da Casa Branca contra o coronavírus, segundo publicou a Reuters.

© CDCIlustração do novo coronavírus, o SARS-CoV-2, criada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês)
EUA: força-tarefa contra COVID-19 diz que novos casos estão em declínio, mas variantes são ameaça - Sputnik Brasil, 1920, 03.02.2021
Ilustração do novo coronavírus, o SARS-CoV-2, criada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês)

No entanto, Rachel Walensky, diretora dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), alertou que novas variantes da COVID-19 surgindo em todo o país poderiam ameaçar esse impulso positivo.

Anthony Fauci, o principal especialista em doenças infecciosas do governo, disse que os americanos devem continuar a seguir as diretrizes de distanciamento social e acrescentou que não há mal nenhum se as pessoas quiserem usar uma "máscara dupla" para proteção adicional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала