Netanyahu anuncia início da vacinação em Israel para 27 de dezembro

© AFP 2022 / SEBASTIAN SCHEINERO primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que o país começará a administrar as vacinas desenvolvidas pela Pfizer contra a COVID-19 no dia 27 de dezembro.

Em uma entrevista coletiva transmitida pela televisão na noite desta quarta-feira (9), Netanyahu anunciou também a chegada da primeira remessa de vacinas da Pfizer ao país. Segundo ele, Israel espera mais centenas de milhares de doses nos próximos dias.

O país se prepara para vacinar cerca de 60 mil pessoas por dia, conforme informa a AP. O primeiro-ministro israelense classificou a quantia como um "grande número" para um país de nove milhões de habitantes.

Dizendo que quer servir de exemplo para a população, Netanyahu afirmou que será a primeira pessoa no país a ser vacinada.

Em Israel, os vacinados receberão em seus smartphones um certificado especial, para que possam circular livremente e ajudar a reabrir a economia.

"Estamos trazendo o fim do vírus", disse Netanyahu.
© REUTERS / Dado RuvicVacina da Pfizer contra COVID-19
Netanyahu anuncia início da vacinação em Israel para 27 de dezembro - Sputnik Brasil
Vacina da Pfizer contra COVID-19

Entre os países que já começaram a vacinação contra a COVID-19 estão a Rússia, que começou a imunizar a população com a Sputnik V no sábado (5), e o Reino Unido, que foi o primeiro país a autorizar a vacina da Pfizer.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала