Funcionário de funerária é demitido após tirar selfie com corpo de Maradona

© REUTERS / Nacho DoceBandeira da Argentina com o retrato de Diego Armando Maradona
Bandeira da Argentina com o retrato de Diego Armando Maradona - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Foi demitido o funcionário da funerária responsável pelo velório do ex-jogador Diego Maradona que tirou uma foto ao lado do caixão com o corpo do astro, enterrado nesta quinta-feira (26) na Grande Buenos Aires.

A imagem mórbida de Diego Molina, chefe de segurança da empresa, fazendo sinal de positivo enquanto põe a mão sobre a cabeça do ídolo argentino ganhou as redes sociais nesta manhã. 

De acordo com o portal BigBang, a própria administração da funerária entrou em contato com Claudia Villafañe, ex-mulher de Maradona, para pedir desculpas à família pelo incidente e informar que tinha tomado medidas contra o empregado.

O advogado do ex-atleta, Matías Morla, classificou a selfie como um "ato de covardia" e disse que os responsáveis pagariam por isso. 

​Diego Molina é o canalha que tirou uma foto junto ao caixão de Diego Maradona. Pela memória do meu amigo, não vou descansar até que pague por tal aberração.

O Club Atlético Argentinos Juniors, do qual Molina é sócio, informou que levou ao tribunal disciplinar, por decisão unânime do conselho administrativo, um pedido de expulsão da "pessoa que se fotografou junto ao caixão de Diego Armando Maradona".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала