Antiga Frente al-Nusra lança quase 30 ataques contra zona de desescalada de Idlib

© AP Photo / Edlib News Network ENN Militantes da Frente al-Nusra (foto de arquivo)
Militantes da Frente al-Nusra (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Militantes extremistas realizaram 29 ataques na zona de desescalada dentro e em torno da província síria de Idlib, conforme relatou nesta quinta-feira (26) o vice-chefe do Centro Russo de Reconciliação para a Síria.

De acordo com o contra-almirante Aleksandr Grinkevich, a ofensiva teria sido realizada por membros da antiga Frente al-Nusra, grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países que deu origem à atual Hayat Tahrir al-Sham (também uma organização extremista proibida na Rússia e em outros países).

"Ao mesmo tempo, na zona de desescalada de Idlib, foram registrados 29 ataques a partir das posições do grupo terrorista Jabhat al-Nusra [Frente al-Nusra] nas províncias de Idlib (26 ataques), Hama (um ataque) e Latakia (dois ataques)", disse o oficial em declarações a jornalistas. 

​Há pouco tempo, militares russos revelaram planos de grupos terroristas de realizar uma ação com o objetivo de acusar as forças do governo sírio e as forças russas de atacar assentamentos na zona de redução da escalada de Idlib.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала