- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ibope: Paes lidera com folga no Rio; em SP, diferença entre Boulos e Covas é de 11 pontos

© Folhapress / La Imagem / Rodolfo BuhrerEm Curitiba, uma mesária usa máscara, proteção facial e luvas para proteger-se da COVID-19 durante a votação nas eleições municipais, em 15 de novembro de 2020
Em Curitiba, uma mesária usa máscara, proteção facial e luvas para proteger-se da COVID-19 durante a votação nas eleições municipais, em 15 de novembro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo nova rodada de pesquisas Ibope para o segundo turno das eleições municipais, Bruno Covas (PSDB) e Eduardo Paes (DEM) lideram em São Paulo e Rio de Janeiro. Em Recife, há empate técnico. 

Em São Paulo, o atual prefeito aparece com 48%, 11 pontos percentuais à frente de Guilherme Boulos (PSOL), que tem 37%. Brancos e nulos somaram 12%. Outros 4% não souberam ou preferiram não responder. 

Em comparação com a pesquisa anterior, Boulos oscilou positivamente dois pontos, enquanto Covas subiu um. 

Considerando apenas os votos válidos, com exclusão de brancos, nulos e abstenções, o atual prefeito tem 57% e o candidato do PSOL, 43%, uma diferença de 14 pontos. 

Paes x Crivella

No Rio de Janeiro, Paes tem ampla vantagem em relação a Marcelo Crivella (Republicanos). O ex-prefeito registra 53% das intenções de voto, enquanto o atual alcaide tem 28%. 

Em relação à enquete anterior, Paes manteve o índice, enquanto Crivella subiu cinco pontos. Com isso, a diferença, que era de 30 pontos, caiu para 25. Votos brancos e nulos somam 16%, enquanto os indecisos são 3%. 

Campos x Marília 

Em Recife, João Campos (PSB) aparece com 43%, empatado tecnicamente com sua prima, Marília Arraes (PT), que tem 41%. Brancos e nulos somam 15% e não sabem ou não responderam 2%.

Em relação ao levantamento anterior, Campos tinha 39% e subiu quatro pontos. A petista, por sua vez, registrou 41% e perdeu quatro pontos. Com isso, Marília perdeu a vantagem de seis pontos que possuía, acima da margem de erro, que é de três pontos percentuais. 

O segundo turno das eleições municipais está marcado para ocorrer neste domingo (29 de novembro). 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала