Netanyahu realiza encontro secreto com príncipe Salman na Arábia Saudita; Riad nega

© AP Photo / Ohad ZwigenbergPrimeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anuncia que procurará obter imunidade de acusações de corrupção, em Jerusalém, no dia 1 de janeiro de 2020
Primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anuncia que procurará obter imunidade de acusações de corrupção, em Jerusalém, no dia 1 de janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, voou secretamente à Arábia Saudita a fim de se encontrar com o príncipe herdeiro do trono do país árabe, Mohammed bin Salman.

O encontro, que foi confirmado pelo ministro da Educação de Israel, Yoav Gallant, teria acontecido na cidade saudita de Neom, que se localiza a poucos quilômetros do sul de Israel.

Em um tweet, o trajeto de Netanyahu até o local de destino foi mostrado por dados de serviços de rastreamento de voo, que levaram em consideração a localização de uma aeronave constantemente usada por Netanyahu para visitar líderes estrangeiros, segundo publicação do jornal Haaretz.

Raríssimo voo israelense indo direto para nova megacidade saudita de Neom, na costa do mar Vermelho

Isso foi o ex-favorito [avião] bizjet t7-cpx de Bibi [Benjamin Netanyahu] de volta a Tel Aviv após cinco horas no solo

Ainda segundo fontes citadas pelo jornal, Benny Gantz, primeiro-ministro rotativo e também ministro da Defesa de Israel e Gabi Ashkenazi, chanceler do país, não teriam conhecimento sobre a visita secreta de Netanyahu ao país árabe.

No Twitter, um dos conselheiros de Netanyahu, Topaz Luk, teria feito alusão ao encontro ainda hoje dizendo:

"Gantz faz política, enquanto o primeiro-ministro [Netanyahu] faz a paz."

Por sua vez, comentando o encontro, Gallant disse à Rádio Galei Tzahal:

"O próprio fato de a reunião ter acontecido e ter sido divulgada publicamente, mesmo sendo semioficial agora, é uma questão de grande importância."

Embora ainda não tenha sido informada a natureza do encontro, as fontes afirmam que o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, também participou da visita.

O fato se dá enquanto Israel vem conseguindo normalizar suas relações diplomáticas com países árabes como os Emirados Árabes Unidos, Bahrein, e mais recentemente o Sudão.

Reação palestina

Tendo em vista a notícia do encontro, o grupo palestino Hamas pediu esclarecimentos por parte da Arábia Saudita, segundo publicou a agência turca Anadolu, citando o porta-voz do grupo Sami Abu Zuhri:

"A informação sobre a visita de Netanyahu à Arábia Saudita é séria - se verdadeira [...]. Nós pedimos para Arábia Saudita que esclareça o que aconteceu, visto que isso representa um insulto à nação e uma perda dos direitos palestinos."

Riad nega

Apesar das notícias e da afirmação de Gallant, o chanceler da Arábia Saudita, o príncipe Faisal bin Farhan, negou que o encontro tenha sido realizado.

Eu tenho visto notícias sobre um suposto encontro entre o Príncipe Herdeiro do Trono [Mohammed bin Salman] e oficiais israelenses durante uma recente visita do secretário [Mike] Pompeo. Nenhum encontro deste tipo ocorreu. As únicas autoridades presentes foram americanas e sauditas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала