Kim Jong-un reaparece e alerta norte-coreanos sobre ameaça de 'poeira amarela' vinda da China

© AP Photo / Ahn Young-joonFala do líder norte-coreano, Kim Jong-un, transmitida por um programa da Coreia do Sul
Fala do líder norte-coreano, Kim Jong-un, transmitida por um programa da Coreia do Sul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Coreia do Norte emitiu um aviso de "poeira amarela" que estaria sendo lançada no país pela China e que carregaria o novo coronavírus.

Em sua primeira aparição em 25 dias, o líder norte-coreano Kim Jong-un ordenou que oficiais do país fizessem algo para deter a pandemia de COVID-19 e reforçou o alerta sobre "poeira amarela" proveniente da China e que poderia carregar o SARS-CoV-2, relata o tabloide britânico Express.

Kim instruiu as autoridades do país a "manterem um alerta máximo" e se esforçarem para "construir um muro de bloqueio apertado e intensificar ainda mais o trabalho contra a pandemia , estando cientes da importante responsabilidade pela segurança do Estado e pelo bem-estar das pessoas", afirmou.

Embaixadas confirmam que receberam um aviso semelhante sobre poeira. O alerta pede aos cidadãos estrangeiros que permaneçam em casa e garantam que suas janelas sejam isoladas para que a poeira não entre.

O apelo ocorre no momento em que Kim reúne funcionários do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte para formular novas políticas para lidar com a pandemia.

De acordo com autoridades locais, a Coreia do Norte ainda não registrou um único caso de COVID-19, embora países vizinhos como China e Coreia do Sul tenham sido gravemente afetados. Pyongyang está em alerta máximo desde janeiro, com fronteiras fechadas e com restrições à mobilidade.

As nuvens de "poeira amarela", todavia, provavelmente estão relacionadas com a areia dos desertos da Mongólia e da China, que em certas alturas do ano atingem a Coreia do Norte e a Coreia do Sul.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала