Rússia, França e EUA discutirão sobre 'ambiguidades' de cessar-fogo em Nagorno-Karabakh

© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensHomem dança comemorando fim do cessar-fogo e conquistas do Azerbaijão, após Erevan e Baku porem fim às hostilidades em Nagorno-Karabakh
Homem dança comemorando fim do cessar-fogo e conquistas do Azerbaijão, após Erevan e Baku porem fim às hostilidades em Nagorno-Karabakh - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Diplomatas da França e dos Estados Unidos se reunirão com homólogos da Rússia nesta quarta-feira (18), em Moscou, para eliminar as ambiguidades ligadas ao cessar-fogo em Nagorno-Karabakh.

A informação foi divulgada pelo ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, nesta terça-feira (17), e confirmada à Sputnik pela representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

© Sputnik / Kiril Kallinikov / Abrir o banco de imagensA representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, durante seu briefing em 8 de fevereiro de 2018
Rússia, França e EUA discutirão sobre 'ambiguidades' de cessar-fogo em Nagorno-Karabakh - Sputnik Brasil
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, durante seu briefing em 8 de fevereiro de 2018
"Podemos confirmar isso. A Rússia será representada pelo embaixador Igor Popov", disse Zakharova, quando solicitada a comentar sobre a reunião.

O objetivo do encontro trilateral é discutir a questão sobre o conflito que envolve Azerbaijão e as forças étnicas da Armênia do enclave.

"Amanhã teremos uma reunião em Moscou com os enviados, para tratarmos sobre o dossiê para eliminar as ambiguidades em torno do cessar-fogo", tinha dito um pouco antes Le Drian, segundo publicou a agência Reuters.
© AP Photo / Alik KepliczMinistro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian.
Rússia, França e EUA discutirão sobre 'ambiguidades' de cessar-fogo em Nagorno-Karabakh - Sputnik Brasil
Ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian.

As ambiguidades, segundo o ministro francês, estão relacionadas com a questão dos refugiados, a delimitação do cessar-fogo, a presença da Turquia, o regresso dos combatentes e o início das negociações sobre o estatuto de Nagorno-Karabakh.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала