Alemanha confirma a 1ª transmissão do hantavírus de animal para humano

© AP Photo / Robert F. BukatyMão com luva segura rato de laboratório
Mão com luva segura rato de laboratório - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cientistas alemães confirmaram a primeira transmissão do hantavírus de animal para humano na Alemanha.

Pesquisadores do Hospital Universitário Charité em Berlim, em parceria com colegas do Instituto Friedrich-Loeffler, confirmaram infecção de uma jovem mulher e seu rato de estimação pelo vírus Seul, de acordo com comunicado de imprensa do hospital.

"O vírus originalmente veio da Ásia e, possivelmente, foi trazido para a Europa por ratos selvagens em navios. No entanto, não tinha sido registrado anteriormente na Alemanha", afirmou o professor Jorg Hofmann, um dos autores da pesquisa.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o vírus Seul é um dos hantavírus capazes de ser transmitidos de animais para humanos, sendo o vírus Seul transmitido exclusivamente de ratos.

Em casos graves, pacientes podem ter hemorragia e síndrome nefrótica. A infecção pode ser assintomática. O vírus Seul não se transmite de humano para humano. Não há tratamento para a infecção do vírus Seul.

O rato de estimação infectado, provavelmente, é de outro país. A paciente sentiu sintomas de insuficiência renal aguda e foi hospitalizada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Teste serológico confirmou diagnóstico suspeito de hantavírus, embora a espécie do vírus permanecesse indeterminada.

Usando a tecnologia de diagnóstico molecular, os pesquisadores descobriram que a paciente e seu rato de estimação foram infectados pelo vírus Seul, e aconselharam que os donos de ratos de estimação tivessem cuidado.

"A confirmação do patógeno em um rato de estimação significa que o vírus pode ser exportado através do comércio desses animais para praticamente todo o mundo", consideram pesquisadores.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала