Exército de Israel frustra ataque contra militares na Cisjordânia (VÍDEO)

© AP Photo / Bernat ArmangueMilitares israelenses em Hebron
Militares israelenses em Hebron - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um homem tentou apunhalar militares israelenses próximo da cidade de Hebron, na Cisjordânia, segundo as Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês).

O suspeito desceu do carro com uma faca e seguiu em direção a um grupo de soldados com intenção de atacá-los. Após receber ordem de parar, seguiu avançando, até que os militares "abriram fogo para neutralizá-lo".

​Um agressor se aproximou e tentou apunhalar as tropas do IDF que operavam próximo de um campo de refugiados a sudoeste de Hebron nesta manhã. As tropas frustraram o ataque, sem baixas das IDF. O agressor foi levado ao hospital para tratamento médico.

De acordo com o jornal Haarez, o agressor, de 41 anos de idade, palestino, foi levado ao hospital para receber tratamento médico.

​IDF: De acordo com informação anterior sobre uma tentativa de esfaqueamento adjacente ao campo de refugiados Al Fawwar, a sudoeste de Hebron, um agressor chegou ao local em um veículo, desceu e avançou com uma faca em direção às tropas na tentativa de..

Apesar da tentativa de esfaqueamento, nenhum militar ficou ferido. O Exército não forneceu detalhes sobre o estado de saúde do agressor.

Recentemente, Israel demoliu uma aldeia beduína na Cisjordânia, ato que a UE e ONU condenaram. 

"A União Europeia reitera seu apelo para Israel cessar tais demolições, incluindo de estruturas financiadas pela UE, em particular à luz do impacto humanitário da atual pandemia de coronavírus", disse o porta-voz da União Europeia, Peter Stano.

Por sua vez, Israel afirma que a aldeia beduína foi construída ilegalmente em uma zona militar de exercício de tiro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала